Cassilândia, Sábado, 20 de Outubro de 2018

Últimas Notícias

18/07/2018 15:15

Bactéria afeta produção de milho no Paraná

Estria bacteriana pode reduzir produção em até 50%, segundo especialista

Agência do Rádio

Uma doença tem preocupado os produtores de uma das principais culturas de grãos de agronegócio. Ao menos 15 municípios do Paraná já registraram a chamada estria bacteriana, que tem afetado diretamente o potencial de produção das lavouras de milho no estado.

Rui Pereira Leite é pesquisador da área de proteção de plantas do Instituto Agronômico do Paraná. De acordo com ele, essa é a primeira vez que há registros dessa bactéria no Brasil. África do Sul, Estados Unidos e Argentina são alguns dos países que já sofreram com o problema.

Segundo Rui, a bactéria interfere na capacidade de fotossíntese da planta, o que afeta a produtividade. Cidades como Toledo, Campo Mourão e Londrina estão entre as que registraram casos da doença. O especialista dá um diagnóstico dos problemas causados pela bactéria na planta.

“Nós já temos alguns dados aqui no Paraná, onde foi observado em híbridos e milhos altamente suscetíveis uma redução de cerca de 50% na produção. Então um híbrido, que tem um potencial, na ausência da doença, de produzir de oito a dez mil quilos por hectare, caiu para menos de quatro mil quilos.”

Rui destaca, ainda, que apesar da possibilidade de atingir grandes áreas, os produtores não precisam se desesperar, pois os focos são específicos.
No entanto, o diretor da Associação dos produtores de Milho do Paraná, Alex Mittel lembra dos impactos de uma situação como essa para o produtor.

“Vai impactar bastante, porque hoje nós estamos com os custos das culturas apertados. As margens estão bem apertadas. Então qualquer perda de produtividade, mesmo que seja parcial vai interferir bastante. Vai afetar a receita geral do produtor.”

O milho é peça chave no agronegócio brasileiro, pois além de servir para o consumo humano, serve também de ração para abastecer granjas e alimentar outros animais.

Reportagem, Raphael Costa

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 19 de Outubro de 2018
09:00
Santo do Dia
04:16
Cassilândia
Quinta, 18 de Outubro de 2018
11:00
Mundo Fitness
09:00
Santo do Dia
Quarta, 17 de Outubro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)