Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

08/12/2014 15:40

Azambuja e os desafios da comunicação

Por Manoel Afonso

Quem acompanhou a passagem de Azambuja nos quatro anos da Assembleia Legislativa lembra bem de sua postura. Discreto, sem pronunciamentos contundentes na tribuna e pouco afeito ao hábito de conversar com jornalistas no saguão. Digamos assim; era do tipo que mais ouvia do que falava, procurando não alongar o diálogo.


Esse comportamento não teve mudanças significativas na Câmara Federal, onde aliás nem sempre o desempenho na tribuna serve para aferir o nível de atuação parlamentar. Quem acompanhou sua campanha eleitoral para a prefeitura de Campo Grande percebeu essa dificuldade de se expressar nas propagandas e em ocasiões ao longo do embate.


Já na sucessão estadual notou-se sensível melhora do candidato vencedor, embora ainda aquém do patamar desejável, principalmente se comparado ao ex-governador Zeca e ao governador atual.


Mas enquanto não se define nomes e nem o perfil real de sua gestão, as notícias que alguns segmentos da imprensa publicam já trazem inquietações e críticas. Mas é bom que se diga, não se sabe se é verdade ou palavras creditadas a Azambuja num jogo de interesses na futura administração.


Exemplos? Essa insistência em admitir um clima de ‘caça as bruxas’, com direito a investigação e auditoria em determinados segmentos da administração que se finda, soa muito mal aos olhos da opinião pública. Claro que é de direito essa iniciativa, mas convenhamos que seria de bom alvitre que a futura administração sinalizasse com melhoramentos, criando e aperfeiçoando o que já foi feito.


A situação nos faz remeter ao período que antecedeu a posse de Franco Montoro ao governo paulista; preocupado demais em apagar a imagem de ‘fazedor de obras’ de Maluf, prometeu exaustivamente colocá-lo na cadeia. Mas acabou deixando a desejar como gestor e deu diploma de idoneidade moral ao antecessor Maluf.


Também na mesma linha o ex-governador Wilson, demonstrou obsessão pelo estilo empreendedor e visionário de Pedrossian. Ironicamente teve um final de gestão melancólico e com desempenho que deixou a desejar.
As duas referências servem de lembrete ao futuro governador, sintetizado na velha frase:


“ É pra frente que se anda.”

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)