Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/06/2009 09:03

Avó mantinha acorrentada neta de 15 anos em Amambai

Campo Grande News/João Humberto

Cansada de ser desobedecida pela neta de 15 anos, uma mulher de 69 anos decidiu manter a adolescente presa em casa por correntes. O fato foi descoberto na manhã de ontem, pela PM (Polícia Militar), em Amambai, cidade distante 347 quilômetros de Campo Grande.

Segundo publicado no site A Gazeta News, o caso da menina acorrentada foi comunicado à polícia por vizinhos da avó dela. A casa em que as duas moram está localizada na Vila Limeira, um dos bairros mais populosos da cidade.

De acordo com a polícia, a avó é de origem indígena e teria adotado a medida extrema de amarrar a neta com correntes nas mãos e pés para evitar que ela continuasse “perambulando” pelas ruas de Amambai.

O delegado de Polícia Civil da cidade, Március Geraldo Cordeiro, já realizou o indiciamento da acusado, que mantinha a guarda da adolescente. A menina é filha de mãe solteira e conforme apurado pelo site, já teve várias passagens pelo Conselho Tutelar do município.

A jovem relatou que sempre sai de casa pelo fato de não mais querer morar com a avó.

O caso foi encaminhado ao Ministério Público da Infância e da Juventude da Comarca de Amambai e está sendo acompanhado pelo Conselho Tutelar. De acordo com a polícia, após ser indiciada, a avó da jovem foi solta para responder pelas acusações em liberdade.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)