Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

20/07/2004 09:47

Aves que podem trazer doença ficam por 7 meses no Brasil

Fernanda Mathiae e Malu Prado / Campo Grande News

As aves que começam a chegar da América do Norte em setembro, por conta da migração natural, permanecem no Brasil por sete meses, até março, período em que as entidades sanitárias ficam em alerta por conta do risco da febre do Nilo, doença que já matou 280 pessoas nos Estados Unidos. A explicação é do gerente técnico e coordenador de Zoonozes do Ministério da Saúde, Francisco Araújo, que está em Campo Grande.
Segundo ele a captura de aves na região do Pantanal de Mato Grosso do Sul, através de redes finas, será feita a partir de setembro e em seguida as fezes e sangue coletados irão para análise para isolamento viral. Os pássaros serão identificados pro anilha, identificação por anéis nas patas. A febre do Nilo é disseminada entre outros animais e o homem através de mosquitos, que são os vetores. Pode causar mal estar e levar a meningite, provocando a morte. Araújo explica que não há como impedir a entrada das aves, por isso o trabalho é preventivo, orientando a população aos cuidados com saneamento básico, uso de repelentes e que evite ambiente propício para proliferação de mosquitos. O inquérito sorológico também vai avaliar a presença de new castle, doença altamente restritiva para o comércio internacional, arbovírus e influenza aviária.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)