Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/07/2004 04:33

Avaliação dos estudantes marcada para novembro

Marina Domingos/ABr

A prova do primeiro Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) foi marcada para o dia 7 de novembro deste ano. O Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira do Ministério da Educação (Inep/MEC) publicou nesta sexta-feira, no Diário Oficial da União, as regras que definem a aplicação do Enade, substito do antigo Provão.

Na primeira fase, 13 cursos serão avaliados: Agronomia, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Serviço Social, Terapia Ocupacional e Zootecnia. O MEC vai gastar R$ 12 milhões em todo o processo de avaliação.

Nem todos os alunos irão realizar a prova e, por isso, o Inep definiu as amostras de 42,2% para estudantes que acabaram de entrar na faculdade e 47,4% para os que estão concluindo o curso. Assim, de um total de 237 mil alunos do primeiro ano, em 2.137 cursos, cerca de 100 mil vão fazer a prova. Dentre 119 mil concluintes, apenas 56 mil participarão do exame. A instituição deverá inscrever os alunos até o dia 19 de setembro.

“Nós entendemos que o objetivo da prova não é fazer uma avaliação do aluno, mas utilizar os resultados para se ter uma idéia de como o curso está contribuindo para formação do aluno”, justificou o diretor de Estatísticas e Avaliação da Educação Superior do Inep, professor Dilvo Ristoff. Para serem considerados alunos do primeiro ano, os estudantes deverão apresentar uma carga horária de 7% a 22% do curso. Para o último ano, o estudante deverá apresentar pelo menos 80% do curso concluído. Esses alunos serão “sorteados” pelo Inep, por meio de uma escolha aleatória. Quem for convocado deverá realizar o exame obrigatoriamente. Quem ficar de fora receberá uma dispensa imediata, que será constante do histórico escolar.

Com o intuito de abranger também os cursos de dois anos, como é o caso dos cursos de tecnologia, considerados de nível superior, a portaria define também que o aluno que já tiver condições de se formar no ano da realização da prova deverá ser inscrito pela faculdade. “Temos também os casos dos cursos de tecnólogos, que são considerados de graduação e por isso precisamos estabelecer essa regra a parte”, explicou o diretor.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)