Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

12/07/2011 07:50

Autoridades do Japão confirmam contaminação de carne bovina por césio na região de Fukushima

Renata Giraldi*, Agência Brasil

Brasília – Autoridades do Japão confirmaram hoje (12) que a carne bovina produzida na região de Fukushima foi contaminada por césio, registrando três vezes mais radiação do que o permitido legalmente. O ministro da Saúde do país, Ritsuo Hosokawa, suspendeu a venda e o consumo da carne.

O césio é um elemento utilizado em vários campos da ciência. No Brasil, houve uma contaminação em 1987 na região central de Goiânia, que provocou 60 mortes, segundo dados da organização não governamental Greenpeace. Um aparelho utilizado em radioterapia foi encontrado por moradores e daí ocorreu a contaminação.

De acordo com Hosokawa, uma das possibilidades é que o gado criado na região de Fukushima tenha sido alimentado com o pasto contaminado. Em 11 de março, quando houve o terremoto seguido por tsunami no Japão, a Usina Nuclear de Fukushima Daiichi sofreu danos nos reatores gerando explosões e vazamentos na região.

A prefeitura de Fukushima se antecipou à ordem do ministro e recomendou a suspensão da venda do gado. Porém, o ministro Hosokawa tentou hoje tranquilizar a população amenizando os efeitos do consumo da carne contaminada para a saúde humana.

Hosokawa disse que irá discutir o tema com ministros de áreas afins, além das autoridades locais, para avaliar o sistema de processamento de carne e frigoríficos do Japão. Em março, as autoridades japonesas proibiram o consumo de todos os produtos oriundos da região de Fukushima devido ao risco de contaminação.

*Com informações da emissora estatal de televisão do Japão, NHK // Edição: Juliana Andrade

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)