Cassilândia, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

19/10/2011 15:55

Aumento de produtividade é desafio para a pecuária

Luciana Modesto, assessoria

O avanço na produtividade bovina foi um dos desafios apontados pelo vice-presidente executivo do Sindicato Nacional Indústria de Alimentação Animal, Ariovaldo Zani, durante o X Congresso sobre Manejo e Nutrição de Bovinos, que acontece até amanhã (20), no auditório da Federação de Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), em Campo Grande. “Hoje, nosso maior problema não é a quantidade do que produzimos, até porque temos uma produção que supera nossa demanda. Nosso gargalo é a distribuição irregular e a baixa capacidade de compra do consumidor. Mas, como seremos 9 bilhões de pessoas no mundo até 2050, segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), precisamos de tecnologia para aumentar nossa produção”, analisa.

De acordo com Ariolvado, o Brasil terá, até 2020, um aumento de 22% na produção de carne bovina, de 17% de aves e 13% de suínos. “Temos extensão territorial e capacidade técnica para atender os requisitos mais exigentes do mercado internacional”, aponta. Segundo dados da FAO, atualmente há um consumo mundial de 228 milhões de toneladas de alimentos. Para atender a demanda em 2050, a produção terá que alcançar 488 milhões de toneladas. “Investir em tecnologia para garantir maior produtividade é o caminho”, finaliza.

Na abertura do evento, o presidente da Famasul, Eduardo Riedel ressaltou o trabalho feito no Estado para alavancar a produção. “Os investimentos em sanidade, manejo e nutrição animal têm garantido qualidade a carne do estado, mas é preciso superar desafios para nos tornarmos o maio produtor nacional”, afirmou.
Congresso - O X Congresso sobre Manejo e Nutrição de Bovinos é uma realização do Colégio Brasileiro de Nutrição Animal (CBNA), entidade científica sem fins lucrativos, e vai debater ainda manejo de pastagem, estratégias de suplementação na engorda de bovinos, pecuária sustentável, nutrição mineral, impacto da emissão de gases de efeito estufa, entre outros.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)