Cassilândia, Sábado, 29 de Abril de 2017

Últimas Notícias

29/11/2005 04:18

Aumenta para 28 os focos de febre aftosa no MS

Agrolink

O Departamento de Saúde Animal do Ministério da Agricultura informou nesta segunda-feira (28) que subiu para 28 o número de focos de febre aftosa no Mato Grosso do Sul. Entretanto, a doença mantém-se limitada à área de segurança estabelecida no Estado. Estão interditados os municípios de Eldorado, Japorã, Mundo Novo, Iguatemi e Itaquiraí.

Os três novos focos foram detectados em Mundo Novo, dos quais dois são pequenas propriedades de subsistência, vizinhas entre si - Chácara São Benedito (28 bovinos – 5 doentes) e Chácara Monte Castelo (10 bovinos – 1 doente). O terceiro foco foi confirmado na Fazenda NS, de exploração de gado, com 333 bovinos.

Desde o primeiro caso em Eldorado, os focos em Mato Grosso do Sul envolvem 16.062 bovinos. Até o momento, foram sacrificados 14.443 bovinos, 184 suínos e 158 pequenos ruminantes. Nas últimas semanas, a média diária de sacrifício foi de 600 animais. Além de Eldorado, a doença foi identificada em propriedades nos municípios de Japorã e Mundo Novo.

Com relação ao Paraná, o DSA informa que os casos sob investigação estão limitados a nove propriedades rurais e não foram observadas novas suspeitas da doença. “Até a presente dada, não foi possível o isolamento do agente viral a partir das amostras encaminhadas ao Laboratório Nacional de Apoio Agropecuário (Lanagro), localizado em Belém (PA)”, informou o DSA.

Os trabalhos de investigação continuam no Paraná, afirma o Departamento de Saúde Animal, incluído coleta de novas amostras de líquido esofágico-faríngeo e de amostra de soro sanguíneo.

Além de Amaporã, Loanda, Maringá e Grandes Rios, estão sendo investigadas propriedades localizadas nos municípios de Bela Vista do Paraíso e de São Sebastião da Amoeira. Apesar de não apresentarem animais com sinais clínicos, estas propriedades receberam bovinos oriundos de propriedade limítrofe a focos de febre aftosa em Eldorado (MS).


Assessoria de Imprensa

Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 29 de Abril de 2017
Sexta, 28 de Abril de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)