Cassilândia, Segunda-feira, 01 de Junho de 2020

Últimas Notícias

29/03/2020 13:30

Aulas em MS podem ficar suspensas até o final de abril

Campo Grande News

A SES (Secretaria do Estado de Saúde) não descarta a possibilidade de recomendar que a suspensão das aulas nas escolas de Mato Grosso do Sul, seja estendida para além do próximo dia 6 de abril. Neste sábado (28), o Ministério da Saúde enviou aos secretários de saúde dos estados, um plano de transição à quarentena adotada para combate à pandemia do coronavírus.

O plano prevê que escolas e universidades fiquem fechadas até o fim do mês de abril, com possibilidade de extensão também para o mês de maio, conforme o jornal Folha de São Paulo. “Assim que eu receber a proposta vou estar avaliando e se for necessário, vamos acatar a determinação, uma vez que estamos trabalhando em sintonia com as diretrizes do Ministério”, comentou secretário estadual de saúde, Geraldo Resende.

Procurada pela reportagem, a secretária de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, também ressaltou que, pelo menos por enquanto, as aulas estão suspensas só até o dia 6. “O calendário está mantido e vamos seguir com as aulas remotas até o dia 6 de abril. A partir desta data iremos avaliar o que vai ser feito”, comenta a secretária.

No Estado, a suspensão das aulas afeta aproximadamente 250 mil alunos de 1,7 mil escolas da rede pública, além de 25 mil professores e funcionários. Por decreto, o calendário escolas está suspenso por 15 dias, desde o dia 23 de março. Em algumas escolas particulares, a suspensão, inicialmente, seria até o dia 30 deste mês, mas elas também estenderam o prazo até o dia 06 de abril.

O plano - Além de sugerir escolas e universidades fechadas em abril, o documento do Ministério da Saúde prevê que bares e restaurantes, reduzam em 50% a sua capacidade da atendimento e reforcem ações de higienização, semelhantes as que foram recomendadas na Capital. A proposta ainda prevê que trabalhadores informais sejam contratados para da orientações à população nas ruas, identificar idosos e enviá-los às suas casas.

O plano também sugere que idosos e pessoas de grupos de risco fiquem afastados de atividades sociais e trabalho por três meses, além de outras medidas de distanciamento para o restante da população. A proposta ainda precisa ser avaliada pelo presidente Jair Bolsonaro. 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 31 de Maio de 2020
09:52
Cassilândia
08:52
Cassilândia/Lagoa Santa/São João do Aporé
Sábado, 30 de Maio de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)