Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

13/09/2007 06:23

Audiência vai relembrar divisão de Mato Grosso e MS

24horasnews

Mesmo depois de trinta anos, a divisão do Estado de Mato Grosso para criar Mato Grosso Sul, ainda não foi esquecida pelos mato-grossenses. Para relembrar a data histórica de 11 de outubro de 1977, a deputada estadual, Chica Nunes (PSDB) anunciou a realização de uma audiência pública, na Assembléia Legislativa, com a presença de personalidades e historiadores. O objetivo é fazer avaliações e comparações sobre a atual conjuntura politica e social, entre os dois Estados. A deputada é uma das pessoas contrária à divisão em qualquer situação. “Sou contra. Mas vamos abordar o tema de forma que todos relembrem essa data histórica e possam avaliar os prós e os contra dessa divisão”, disse Chica Nunes.

No próximo dia 11, as principais comemorações devem ser para os sul mato-grossenses, que revindicavam à época o desmembramento sob argumento de que a capital, Cuiabá, estava longe da cidade de Campo Grande e, esta, por sua vez, mais próxima das cidades do interior de São Paulo e Paraná - ambas com estrutura mais avançadas para atende-los.

O sentimento de separação relembra ainda os tempos do Império. De acordo com Chica Nunes, a audiência pretende aprofundar avaliações sobre o que foi e ainda tem sido benéfico para as duas populações. A parlamentar pretende tocar num assunto que ainda gera polêmica: o pagamento de aposentadorias de ex-agentes políticos e servidores públicos que atuavam em Mato Grosso antes da divisão.

Segundo dados, Mato Grosso paga essas pensões até hoje para os ex-funcionários que vivem em Mato Grosso do Sul, uma quantia significativa que já foi alvo de críticas e de reclamações de ex-governadores de Mato Grosso por afetar a folha de pagamento estadual. “Além deste caso, ficamos com o ônus e o Estado com o bônus”, observou Chica.

No entanto, a deputada reconhece que Mato Grosso se recuperou e soube manter firme seu propósito de crescimento econômico e social no cenário nacional. O alerta de que Mato Grosso deveria se erguer, após a divisão, é interpretado por Chica Nunes como atitude de providência dos governantes que vêm administrando o Estado. “Depois desse período, Mato Grosso passou a aprimorar suas iniciativas para o crescimento, a fim de aquecer a economia regional diante do cenário nacional”, declarou a deputada.

Ela disse ainda que atualmente, no Centro-Oeste, Mato Grosso é um dos que se destaca pelo potencial de investimentos. “De lá para cá muito foi feito, mas acredito que poderíamos ter ainda mais se fossemos únicos”, disse Chica Nunes.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)