Cassilândia, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/04/2004 08:45

Audiência vai debater proibição do amianto

Agência Câmara

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou, na última quarta-feira (31), requerimento do deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO) para a realização de audiência pública sobre a proibição da extração e utilização do amianto no País. A data da audiência ainda será definida.
O autor do requerimento afirma que o Governo Federal criou, de forma arbitrária, um grupo técnico para analisar o uso de amianto e asbesto que condenou o manuseio dessas substâncias. De acordo com o deputado, esse grupo excluiu importantes colaboradores sobre o assunto, que só souberam de sua criação por meio da Imprensa.
Carlos Alberto ressalta que a Comissão Permanente do Amianto - criada por indicação da Câmara - aponta em todos os seus estudos resultados de pesquisas contrários à idéia de que o asbesto e o amianto sejam nocivos à saúde do trabalhador.
Segundo o deputado, o banimento do amianto irá prejudicar diretamente a camada mais pobre da população, maior consumidora de telhas e caixas d´agua de fibrocimento. A medida, de acordo com Carlos Alberto, deverá aumentar também o déficit habitacional no País e extinguir outras centenas de empregos na construção civil.

Participantes
Serão convidados a participar da audiência pública o ministro do Trabalho e Emprego, Ricardo Berzoini; o diretor-geral da Sama - Mineração e Amianto, Rubens Riella; o representante do Sindicato dos Trabalhadores Minerais Não-Metálicos de Minaçu Adilson Santana; o coordenador da Federação Nacional dos Trabalhadores do Amianto, Emílio Alves Ferreira Júnior; o professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) Ericson Bagatin; a representante do Instituto da Crisotila Marina Júlia de Aquino; o representante da Associação Brasileira de Fabricação de Fibrocimento (Abifibro) João Carlos Duarte Paes; e a fiscal do Trabalho Fernanda Gianazzi. A Central Única dos Trabalhadores (CUT) também foi convidada a enviar representante.



Da Redação
Edição - Patricia Roedel

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)