Cassilândia, Terça-feira, 24 de Novembro de 2020

Últimas Notícias

05/12/2016 08:20

Atlético Nacional quer título mundial para dedicar à Chapecoense

Midiamax

As manifestações de solidariedade que chegam da Colômbia desde a última terça-feira buscam acalmar os corações e diminuir a dor dos familiares e amigos das 71 vítimas do desastre aéreo com a delegação da Chapecoense, além do povo brasileiro, que se uniu em luto. Ainda abatido com o acidente, Reinaldo Rueda, técnico do Atlético Nacional, disse que pretende conquistar o título do Mundial de Clubes para prestar uma última homenagem a Chapecó.

"Eu disse aos jogadores que a melhor homenagem que podemos fazer à Chapecoense, como colegas e como companheiros sul-americanos, é fazer um Mundial digno. Tomara que cheguemos à final. Deus queira que possamos oferecer este título à Chapecoense. Esta final que não pudemos fazer contra eles, por esta situação do destino, por um erro e uma negligência absurda, nós vamos oferecer à Chapecoense, ao povo e à família dos jogadores. Vamos oferecer este reconhecimento e esta homenagem. Espero que tenhamos uma boa viagem e que possamos fazer um bom torneio", disse o treinador, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Rueda esteve presente na Arena Condá neste sábado, no velório coletivo da delegação. No próximo dia 14, a equipe colombiana irá disputar a semifinal do Mundial contra um time ainda desconhecido. Caso vença, avança à final, no dia 18, possivelmente contra o Real Madrid, atual campeão da Liga dos Campeões. O comandante relembrou, ainda, as belas palavras que prestou à Chape na cerimônia no Estádio Atanásio Girardot, casa do Atlético.

"A Chapecoense é uma equipe que tem a essência do futebol brasileiro, guardando as devidas proporções. Desde jovem, aprendi com o futebol brasileiro. Os meus primeiros professores foram Parreira e Zagallo. Nos anos 70, nós amávamos o futebol do Brasil e queríamos sempre que o Brasil ganhasse. Da mesma forma, esta equipe ficará para sempre nos nossos corações e na nossa memória pelo que fez. O grupo da Chapecoense tinha o sonho de chegar ao título sul-americano, era um time que vinha muito forte e muito unido. Era um rival que esperávamos com muito respeito e esta comparação saiu de coração para definir o que significa este adeus à Chapecoense", afirmou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 24 de Novembro de 2020
Segunda, 23 de Novembro de 2020
Domingo, 22 de Novembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)