Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/03/2015 16:39

Assomasul e Fetems juntas para chegar a acordo sobre piso dos professores

Juliene Katayama, Campo Grande News

O presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), prefeito de Nova Alvorada do Sul Juvenal Neto (PSDB), reuniu-se com o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Roberto Botareli, para discutir sobre o piso nacional dos professores que alguns municípios não conseguiram cumprir.

Os prefeitos já apresentaram as dificuldades de conseguir cumprir o aumento de 13,01% que o governo federal definiu em janeiro deste ano. Na ocasião, a Assomasul aconselhou a busca do diálogo com os sindicatos que representam a categoria para chegarem a um acordo.

Neto enfatizou ao presidente da Fetems que a maior preocupação dos prefeitos é com o limite de gasto com a folha de pagamento do quadro de servidores. Segundo a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), máximo que pode ser destinado da Receita líquida é 60% sob pena de punições severas.

“Nós queremos que os prefeitos cumpram a Lei de Responsabilidade Fiscal e faça discussão com os sindicatos locais, que também querem o cumprir a lei do piso”, afirmou Neto durante a audiência, com participação de dirigentes da Fetems e diretores da Assomasul.

Economia - Neto voltou a lamentar as medidas econômicas adotadas pelo governo federal, sobretudo, o aumento excessivo das despesas das prefeituras sem a devida contrapartida. Segundo ele, a crise financeira tem impedido de certa forma o cumprimento de alguns investimentos em vários setores. O problema financeiro é agravado pelo reajuste dos vencimentos dos servidores por causa do aumento do salário mínimo.

O presidente da Assomasul salientou que apesar da crise econômica, as prefeituras têm aplicado recursos acima da meta que são obrigadas a investir por lei em alguns setores da administração. Segundo Neto, maioria das prefeituras investe entre 25 a 30% na Saúde e entre 40 a 45% na Educação, quando a lei determina 15% e 25%, respectivamente.

Botareli disse que a Fetems pretende ajudar a Assomasul para avançar no acordo em benefício dos professores, respeitando as condições dos municípios. O presidente da Fetems ainda pediu apoio para o encaminhamento das discussões sobre a implantação de um plano padrão de cargos e carreira nos municípios do Estado, uma vez que a maioria deles ainda não o fez.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)