Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

04/02/2008 13:41

Assessor jurídico alerta que carnaval não é feriado

Paulo Fernandes/Campo Grande News

Assessor jurídico alerta que carnaval não é feriado
Segunda-feira, 04 de Fevereiro de 2008 13:21 Reportar erro | Comentários(0)
Paulo Fernandes


O jornalista e assessor jurídico Silvio Henrique Lemos alerta que a terça-feira de carnaval não é feriado nacional. Apesar de ser uma das manifestações mais populares do País e de muitos patrões darem folga aos empregados, a legislação federal não considera a data como feriado. O mesmo vale para a quarta-feira de cinzas.

“Portanto, se você é empregado e o seu patrão não gosta de carnaval, melhor maneirar na bebida para não ter de trabalhar de ressaca”, afirma Lemos em artigo publicado no canal Tendência/debates do Campo Grande News.


Confira a matéria completa:

Terça-feira de carnaval não é feriado
Segunda-feira, 04 de Fevereiro de 2008 12:56
Por Silvio Henrique Lemos /jornalista/A. Jurídico

Bem ao contrário do que a maioria pensa, a terça-feira de carnaval não é considerada oficialmente feriado nacional. O mesmo ocorre com a quarta-feira de cinzas. Isto já foi motivo de polêmica entre empregados e patrões, pois traz conseqüências para ambos, sob o aspecto jurídico-trabalhista.

Este equívoco acontece por conta de ser o carnaval uma das manifestações mais populares do país, cujo costume foi originado dos colonizadores portugueses e demais povos católicos que para aqui vieram.

De acordo com a legislação federal que trata do tema (Leis Nº 10.607 / 2002 e nº 6.802 / 80), são declarados feriados nacionais os dias 1º de janeiro, 21 de abril, 1º de maio, 7 de setembro, 12 de outubro, 2 de novembro, 15 de novembro e 25 de dezembro.

Ainda segundo a legislação co-relata, além destes, serão feriados os dias em que ocorrem as eleições, a data magna do Estado determinada em lei estadual (11/10 em MS), bem como os feriados religiosos de guarda declarados em lei municipal, de acordo com a tradição local e em número não superior a quatro, como acontece, por exemplo, em Campo Grande nos dias de Santo Antônio, padroeiro da cidade ( 13/06), sexta-feira santa e corpus christi.

Repercussão Jurídico-trabalhista. Como não existe lei federal prevendo estes feriados, tanto a terça-feira de carnaval quanto o primeiro período da quarta-feira de cinzas são considerados dias normais para o trabalho, fato que permite o empregador exigir que o empregado compareça normalmente ao serviço. Se dispensar o funcionário em tais datas, como costumam fazer muitas empresas, estará agindo por liberalidade e em homenagem às tradições, já que, conforme pudemos apurar junto à Prefeitura Municipal e à Câmara de Vereadores, não se tem notícia da existência de lei municipal neste sentido.

O empregador optando pela dispensa do empregado, não poderá descontar esse dia de sua remuneração. Se exigir sua presença, o pagamento do dia deverá ser feito pelo valor normal e não de forma dobrada, como nos feriados trabalhados. Por outro lado, caso exija que o funcionário trabalhe, se ele faltar, poderá descontar o dia de ausência, além do correspondente ao Repouso Semanal Remunerado, que é concedido quase sempre aos domingos.

Portanto, se você é empregado e o seu patrão não gosta de carnaval, melhor maneirar na bebida para não ter de trabalhar de ressaca.



Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)