Cassilândia, Sábado, 19 de Outubro de 2019

Últimas Notícias

02/10/2019 19:00

Assembleia aprova criação de fundo para ressarcir cartórios

Campo Grande News

 

Os deputados aprovaram, em primeira votação, a criação de um fundo que vai ressarcir cartórios pelos atos e processos que são gratuitos à população, como certidão de nascimento e óbito, assim como outros documentos que não trazem custos. A proposta foi enviada pelo TJ-MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul).

O relator do projeto, o deputado Gerson Claro (PP), explicou que o chamado “Fundo Garantidor da Renda Mínima do Registrador Civil”, será uma forma de indenizar pelo serviço que oferecido sem custos, mas que existem profissionais que realizam o trabalho.

“Nós aprovamos a possibilidade para criação do fundo, agora caberá ao Tribunal de Justiça definir as regras e regularizar coo vai funcionar na prática”, disse o relator. Ele ponderou que entre as fontes de financiamento, está o próprio Funjecc (Fundo Especial para Instalação, Desenvolvimento e Aperfeiçoamento das Atividades dos Juizados Especiais Cíveis e Criminais).

O projeto ainda prevê recursos para o fundo advindos de “selos de autenticidade”, valores decorrentes de multas, entre outros. Caberá ao TJ-MS, por meio do conselho administrativo, no prazo de 30 dias, estabelecer a renda mínima e as regras desta lei.

Fundo do trabalho – Também foram aprovadas a criação do Fundo Estadual do Trabalho e o Conselho Estadual do Trabalho, Emprego e Renda. Estes órgãos serão vinculados à Sedhast (Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) e será gerido pela Funtrab (Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul).

“Nos mesmos moldes do fundo de segurança, a intenção é conseguir recursos federais para esta área de emprego e renda, sendo necessário criar estes órgãos para ter acesso a esta verba financeira”, explicou o deputado José Carlos Barbosa (DEM), líder do Governo.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 19 de Outubro de 2019
Sexta, 18 de Outubro de 2019
09:00
Santo do Dia
Quinta, 17 de Outubro de 2019
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)