Cassilândia, Segunda-feira, 29 de Maio de 2017

Últimas Notícias

19/01/2005 14:04

Assassinato de policial poderá ter pena específica

Agência Câmara

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania analisa Projeto de Lei 4493/04, apresentado pelo deputado Leonardo Picciani (PMDB-RJ), que tipifica como homicídio qualificado, com pena de até 30 anos de reclusão, o assassinato de policiais no exercício da função.
Segundo o autor da proposta, esse tipo de crime está se tornando cada vez mais banal. "Muitos são assassinados em razão da sua condição de policial, sem motivo aparente. A categoria virou vítima por estar simplesmente fazendo o patrulhamento ou por ter a identidade descoberta", argumenta o deputado.
Para Picciani, a existência de legislação específica em relação à categoria poderá funcionar como fator de intimidação para a ação dos criminosos. Ele cita pesquisa divulgada pelo jornal Folha de São Paulo, que registrou 281 policiais militares e civis mortos em todo o País entre janeiro e julho de 2004. No mesmo período, segundo o jornal, 65 policiais foram assassinados na Colômbia; e 34, nos Estados Unidos.

Tramitação
A matéria foi apensada ao Projeto de Lei 6132/02, do deputado Lincoln
Portela (PL-MG), que classifica como homicídio qualificado o atentado contra
trabalhador no exercício de suas funções produtivas habituais. As duas propostas são sujeitas à votação pelo Plenário.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 29 de Maio de 2017
Domingo, 28 de Maio de 2017
Sábado, 27 de Maio de 2017
10:00
Receita do Dia
Sexta, 26 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)