Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

21/06/2004 13:59

Asma atinge 10% dos brasileiros e mata dois mil por ano

Irene Lobo/ABr

Crises de falta de ar, chiado, tosse intensa e sensação de aperto no peito são os sintomas mais comuns da asma, doença que, segundo o Ministério da Saúde (MS), aparece em 10% da população brasileira. Dados da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT) mostram que no Brasil a doença é responsável por quase 400 mil internações hospitalares anualmente, a um custo superior a R$ 200 milhões.

A cada ano, dois mil brasileiros morrem em conseqüência da asma, revelando assim a gravidade de uma doença que, apesar de não ser totalmente curável, deve ser tratada o quanto antes. Com esse objetivo, sociedades científicas promovem hoje, em todo o país, o Dia Nacional de Prevenção à Asma.

“O dia nacional tem a finalidade de esclarecer à população doente que é necessário realizar o tratamento. Nós temos uma preocupação especial com o grande número de pacientes que tem a doença e não se trata”, afirma o pneumologista e presidente da Sociedade Brasiliense de Doenças Toráxicas, Paulo Feitosa.

Define-se asma como uma doença inflamatória crônica das vias aéreas que atinge os brônquios, estruturas por onde passa o ar em direção aos pulmões. A doença pode ser permanente ou aparecer em determinadas épocas do ano, como no inverno. Infecções virais, poeira, mofo, cheiros fortes, emoções e mudanças de temperatura também promovem crises de asma.

“A asma também é uma doença associada à baixa resistência do sistema imunológico”, explica a diretora do Departamento de Atenção Básica do Ministério da Saúde, Afra Suassuna.

Sendo uma doença de caráter hereditário, a asma não pode ser curada, mas o correto tratamento permite que o paciente possa ter uma vida normal, inclusive praticando esportes competitivos. Os remédios utilizados são os antiinflamatórios, sendo os corticóides inalatórios os mais eficazes. Já as crises pedem o uso imediato dos broncodilatadores por inalação, as famosas bombinhas.

Atualmente, diversos medicamentos já associam, na mesma embalagem, os antiinflamatórios e os broncodilatadores de efeito prolongado. Também já está em fase final de pesquisa uma vacina que irá impedir que se desencadeie o mecanismo alérgico da asma. Segundo a SBPT, a vacina será lançada em breve no Brasil.

Mais medicamentos - Baseado em estudos das sociedades brasileiras científicas que lidam com a asma, o Ministério da Saúde (MS) ampliou a lista de medicamentos distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Atualmente, os pacientes com asma cadastrados junto às secretarias estaduais de Saúde têm acesso a um total de cinco medicamentos, em várias dosagens e apresentações.

No ano passado, o MS aprovou um projeto das sociedades brasileiras de Pneumologia, Cardiologia, Pediatria, Alergologia e Imunologia para o uso de protocolos no tratamento da asma, ou seja, recomendações validadas e padronizadas que irão garantir aos pacientes e profissionais o uso de tratamentos eficazes e seguros. O grupo pretende ainda elaborar um Plano Nacional de Controle de Doenças Respiratórias.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)