Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

29/01/2004 12:46

As negociações sobre a reforma sindical

Janaina Almada/ABr

As negociações sobre a reforma sindical entre trabalhadores, empregadores e governo continuam hoje, como parte do Fórum Nacional do Trabalho. Após a discussão das propostas, o projeto deverá ser encaminhado ao Congresso Nacional, no dia 17 de fevereiro. Em março, serão iniciadas as negociações para a reforma trabalhista.

Segundo o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Luiz Marinho, serão necessárias grandes modificações na política do governo para a diminuição das taxas de desemprego, principalmente nos grandes centros brasileiros. “Para 2003 a CUT já esperava que não houvesse diminuição nas taxas de desemprego, pois a economia estava em crescimento. As nossas expectativas de crescimento estão em 2004. Além do crescimento da economia, o governo precisa olhar para a questão do emprego. Será necessário grande investimento no setor público”, afirmou.

Marinho, que participou de uma das reuniões do fórum, sugeriu que é importante investir nas frentes de trabalho, que são capazes de gerar empregos em todas as regiões do país. “O maior problema do desemprego está nas grandes cidades. Com um maior investimento na construção de rodovias e ferrovias, no saneamento básico, entre outros, as frentes de trabalho, além de melhorias para a cidade, gerarão também empregos para a população”, acrescentou.

As negociações giram em torno de três grupos de trabalho: organização sindical, negociação coletiva e sistema de negociação e conflitos. Segundo Luís Marinho, as propostas dos trabalhadores que ainda não foram aceitas e estão em negociação são: a liberdade da autonomia sindical, o fim da obrigatoriedade do Imposto Sindical e um acordo entre trabalhador e empregador, em substituição às negociações lideradas pela Justiça.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)