Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

07/11/2015 11:01

As cinco vítimas fatais do acidente na MS residiam no município de Cassilânndia

Redação

Quatro vítimas fatais do acidente na MS 306 residiam no Posto Água Lima e não em Chapadão do Sul, como chegou a ser informado. O motorista do veículo Santana Saturnino da Silva Magalhães trabalhava como borracheiro no posto. Edmar era sobrinho de Aparecida Cavaletti e vai ser velado e sepultado em Paranaiba.

Os cinco corpos foram encaminhados para a realização de exame necroscópico em Paranaiba, quatro retornarão à Cassilândia. Deverão ser velados na Funeraria Nossa Aparecida os corpos e Saturnino da Silva Magalhães, Aparecida Cavaletti de Almeida, Pablo Antonio Cavaletti de Almeida Magalhães e Maria Aparecida Cavaletti de Almeida. 

Na matéria abaixo, já publicada,  com as devidas alterações

 

Das cinco vítimas fatais do acidente de ontem, às 19h30, na MS 306, quatro residiam no Posto Água Lima, município e Cassilândia,  e um na zona urbana de  Cassilândia. Edmar Aparecido Quirino da Silva, com 11 anos de idade, morava em Cassilândia com o pai e iria passar o final de semana com a tia .

Saturnino da Silva Magalhães, 49 anos de idade, dirigia o veículo tendo ao seu lado a esposa Aparecida Cavaletti de Almeida, 41 anos, que estava segurando no colo Pablo Antonio Cavaletti de Almeida Magalhães, com 8 meses de idade.

No banco traseiro do veículo Santana estavam Maria Aparecida Cavaletti de Almeida, com 2 anos de idade e Edmar.

Segundo o Sargento Braga, da Polícia Militar de Cassilândia, que atendeu a ocorrência com o soldado Bettiol, o motorista do Santana fez uma ultrapassagem mal sucedida e deu de frente com um bitrem. A carreta ainda desviou para fora da pista, mas ao invés do motorista do Santana permanecer na pista, também saiu para o acostamento batendo de frente.

O Santana seguia em direção do Chapadão do Sul e o acidente ocorreu próximo ao restaurante da Deneide. A pista foi liberada às 23h20.

A Polícia Militar de Cassilândia foi a primeira a chegar ao local, mas também o atendimento foi feito pela Polícia Civil, Polícia Militar Rodoviária Estadual, a perícia de Paranaiba, o Corpo de Bombeiros de Chapadão do Sul, as ambulâncias do municipio e as funerárias locais.

O Cassilândia Notícias agradece também o PM Macário que transmitiu todas as informações solicitadas para esclarecimento dos leitores durante toda a noite de ontem.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)