Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

30/11/2007 13:05

Artuzi apresenta 2 deputados e advogado como testemunhas

Paulo Fernandes/Campo Grande News

O deputado estadual Ari Artuzi (PDT-MS), que tem até segunda-feira para apresentar sua defesa à ação movida pelo PMDB pedindo o mandato do parlamentar, irá arrolar como testemunhas os deputados estaduais Marcos Trad (PMDB) e Pedro Kemp (PT) e o advogado Nery Azambuja.

Artuzi alega que foi vítima de perseguição política e pessoal no partido. A defesa - segundo Artuzi, que participa hoje do Congresso Estadual do PDT na Assembléia Legislativa - ainda não foi entregue ao TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral).

Trad e Kemp, conforme Artuzi, são testemunhas de que o governador André Puccinelli (PMDB) o teria chamado de “animal de pêlo curto”. Puccinelli diz que nunca chamou Artuzi dessa maneira, mas que já usou essas palavras para se referir a outras pessoas. Segundo o governador, “animal de pêlo curto” é uma referência a homens e mulheres, sem qualquer sentido ofensivo.

Já Nery Azambuja é testemunha de que Puccinelli teria apontado o dedo para a boca do deputado, mostrando a ausência de um dente. Artuzi diz que se sentiu constrangido com a atitude. O caso ocorreu, ainda conforme o parlamentar, em Ponta Porã no mês de julho.

Artuzi também argumenta que era perseguido por membros da cúpula do PMDB douradense como o presidente do partido, Marçal Filho, e o vereador Eduardo Marcondes. “Eles queriam me deixar de lado no partido”, afirma. O advogado que defende Artuzi é Renê Siufi.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)