Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

02/06/2005 09:17

Artigo: Língua Portuguesa, inculta e bela

Alcides Silva

“Havia problemas a resolver” ou “haviam problemas a resolver”?

Já disse aqui que o verbo ‘haver’ é um eterno desmancha prazeres. Quando menos esperamos, lá vem ele a nos impor reflexões, quando não o retorno do estudo da gramática.
Nas frases-título deste comentário, o verbo haver está no pretérito imperfeito do indicativo, porque mostra um fato não concluído, que estava acontecendo (a existência de problemas) na dependência de um outro fato prestes a ocorrer (os problemas estavam para ser resolvidos). E como deverá ser conjugado: ‘havia problemas’ ou ‘haviam problemas’.
Regra básica: estando empregado com o sentido de existir, acontecer ou ocorrer, o verbo haver não sai do singular.
Nas frases, o havia é sinônimo de ‘existia’, e o haviam de ‘existiam’.
Conjugado o verbo no presente do indicativo, confirma-se melhor a tal regrinha: eu hei, tu hás, ele há, nós havemos (ou hemos), vós haveis (ou heis) e eles hão.
Assim há problemas a resolver e jamais ‘hão problemas a resolver’.
Ora, se no presente do indicativo se diz há problema, na terceira pessoa do singular, dir-se-á, também nessa mesma pessoa quando a frase verbal estiver no pretérito imperfeito havia problemas ou nos demais tempos e modos do verbo haver, sempre que com o sentido de ‘ocorrer’, ‘acontecer’, ou ‘existir’. Assim, haveria problemas (futuro do pretérito), que haja problemas (presente do subjuntivo), se houvesse problemas (imperfeito do subjuntivo), se houver problemas (futuro do subjuntivo), haja problemas (imperativo).
Continuemos com os ‘problemas’ e o ‘haver’.
Havia problemas que podiam ser ou havia problemas que podiam serem resolvidos?
‘Podiam ser’ e ‘podiam serem’ são locuções verbais, isto é, uma expressão formada por um verbo auxiliar ‘ser’ e um verbo principal ‘poder’.
As diversas formas verbais dividem-se em dois grupos: finitas (modos) e infinitas (formas nominais). São formas finitas todas aquelas que vêm sempre referidas a alguma das três pessoas verbais: eu (nós), tu (vós) e ele ou ela (eles ou elas). São formas infinitas aquelas que não definem a pessoa do discurso, como, por exemplo, o infinitivo (amar, resolver, fugir): o particípio (amado, resolvido, fugido) e o gerúndio (amando, resolvendo, fugindo).
Quando na locução verbal o sujeito for igual ou único, emprega-se o verbo auxiliar no infinitivo, flexionando-se o verbo principal: problemas que podiam ser resolvidos. Os erros não podem ser repetidos. As meninas devem ter recato. Os equipamentos devem estar limpos para o uso.
Se o correto é o verbo ser no infinitivo, a frase deve ser escrita ou lida desta maneira: havia problemas que podiam ser resolvidos.
As formas ou maneiras de uso do infinitivo impessoal não se esgotam com a regra acima. O emprego das formas flexionadas ou não flexionadas antes de submeter-se a regras gramaticais é muito mais uma questão de ordem estilística, como a clareza da expressão, o ritmo da frase ou a ênfase do enunciado.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)