Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

10/02/2010 09:07

Artigo: Lembranças de Viagens de Carlos Pulino

Carlos André Prado Pulino é médico oftalmologista em Cassilândia (MS)
Arquivo PessoalArquivo Pessoal

MILÃO

Nosso passo seguinte, após a Rússia, foi visitar a Itália.

Pegamos um vôo de Moscou para Milão à tarde, e como seguíamos na direção do oeste, após algumas horas de viagem, iniciou-se um por do sol maravilhoso. Estávamos sobre as nuvens viajando no sentido do poente, e isto prolongou este por do sol por quase uma hora, tornando esta uma experiência única.

Milão, capital da província do mesmo nome, fica na região da Lombardia, ao norte da Itália. É talvez a capital de fato da própria Itália, e ganhou esta fama por ser considerada, junto com Paris, as duas capitais que ditam a moda internacional. Possui os ateliês mais famosos do mundo em alta costura.Tem ainda um importante parque industrial, as sedes das fábricas de carros Alpha-Romeu e Fiat, o autódromo de Monza de fórmula 1, os times de futebol Milan e Internacionale, industrias de tecidos principalmente a seda, industrias químicas,do setor elétrico e da construção. O símbolo de Milão é a catedral Duomo, que é a mais importante obra do fim da Idade Média.

Ocupa uma área de 11.700 m² na praça principal da cidade. Iniciada em 1386 e concluída cinco séculos depois, em 1887, constitui o maior exemplo da arquitetura gótica da Itália. Seu interior é subdividido em cinco naves sustentadas por imponentes pilastras de mármores, tem muitos vitrais e mais de três mil obras de arte produzindo um ambiente místico e solene. A abóboda, toda decorada com belíssimos afrescos, é tão alta, que quase se tem que quebrar o pescoço de tanto incliná-lo para trás tentando vê-la. Seu exterior é adornado por torres, pináculos e estátuas, sendo que na principal e mais alta, está fincada a “Madonina do Perego”, estátua dourada da virgem. A porta principal é de bronze, com esculturas em alto relevo mostrando a história de Jesus e Maria. É um espetáculo! Algumas figuras estão gastas de tanto os fiéis tocarem com as mãos para fazer o sinal da cruz. Já estive por três vezes visitando esta catedral e, como da primeira vez, a emoção é sempre muito grande. É tudo imenso, dá a sensação de sermos muito pequenos e insignificantes. Sento naqueles bancos e um sentimento forte invade o pensamento, uma paz toma conta da gente e o tempo passa sem que se perceba. Tem-se a impressão de estar mais próximo de Deus!

Ao lado, na mesma praça, está uma das galerias mais chiques e caras do mundo, a Galeria Vitório Emanuel II, tem a forma de uma cruz, cobertura transparente toda trabalhada e que lhe proporciona iluminação natural, tendo no alto uma fileira de bandeiras de vários países, inclusive a do Brasil. O piso é todo em mosaico trabalhado, e bem no centro da galeria fica o desenho de um boi. Diz a lenda que se apoiarmos o calcanhar esquerdo sobre o saco do boi e girarmos o corpo numa volta completa, retornaremos novamente a Milão! O local está até gasto, de tanto os turistas girarem seus calcanhares sobre ele. Nesta galeria encontram-se lojas de todas as grifes internacionais, além de charmosos bares e cafés, onde se paga uma fortuna- de 4 a 5 euros cada um!- por um capuccino uma água ou um sorvete.

Atravessando a galeria Vitório Emanuel II, chegamos à praça Leonardo da Vinci, onde fica o Teatro alla Scalla, um dos mais importantes do mundo, onde os maiores compositores, principalmente os de ópera, estrearam suas peças. Possui lugares para aproximadamente 3.000 espectadores, é muito grande, tem seis andares com frizas e camarotes, lustres de cristal e tapetes de veludo vermelho. Tem também o museu do teatro, com objetos e trajes de inestimável valor. Logo à esquerda de quem entra, vemos o busto do compositor brasileiro Antonio Carlos Gomes e uma placa de bronze enaltecendo seus feitos e comparando-o a outro famoso compositor italiano Giusepe Verdi. Carlos Gomes nasceu na cidade de Campinas-SP, e aprendeu a tocar vários instrumentos musicais com seu pai, começou a compor aos 15 anos de idade e, pelo seu talento, foi apresentado ao imperador D. Pedro II que lhe concedeu uma bolsa para estudar em Milão, onde se formou em música e regência. É conhecido como “Nhô Tonico de Campinas”, autor de várias músicas e canções, como “Tão longe de mim distante”, e de óperas, entre elas a mais conhecida O Guarani, cuja partitura original, manuscrita por ele mesmo, também se encontra lá. Só por isso já valeria a visita ao museu, por cujo ingresso se pagam 5 euros! Vimos também a máscara mortuária de Choppin e o molde de sua mão, pois não havendo ainda a fotografia, era comum fazer-se a máscara mortuária das pessoas importantes. Neste museu ainda vimos o piano em que o compositor Frans Liszt tocava e a batuta com que o maestro Arturo Toscanini regia, além de outras curiosidades.

A famosa pintura de Leonardo da Vinci, A Ultima Ceia, também está em Milão. Esta pintura demorou sete anos para ser concluída e não foi pintada em uma tela mas, sim, na parede do refeitório da abadia junto à igreja de Santa Maria da Graça, no século XV. A coisa mais difícil é conseguir visitar esta pintura, é necessário reservar o ingresso com muita antecedência, há uma grande procura e, como ela está sobre uma parede, a umidade do local precisa ser controlada, e assim, só é permitido entrar vinte pessoas por vez. Já estive em Milão quatro vezes e ainda não consegui vê-la.

Outro destaque de Milão é a Escola de Música da Fundação Verdi, um prédio com seis andares, salas com vedação acústica para os alunos de canto e de todos os instrumentos musicais. Nesta visita, paramos em várias salas e apreciamos os diferentes sons dos vários instrumentos e vozes.No térreo desta escola, visitamos o mausoléu do compositor e maestro Giusepe Verdi e de sua filha, a maestrina Josefina Verdi.

Milão tem mais de 2.500 anos! Conhecer esta cidade é poder ao mesmo tempo conviver com o antigo e o moderno, a história e a tecnologia presentes em cada esquina.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)