Cassilândia, Quinta-feira, 30 de Março de 2017

Últimas Notícias

28/02/2011 10:00

Artigo: Joana conta o outro lado de Portugal

Hoje eu gostaria de abordar a história de pessoas que vivem e morrem sozinhas em Portugal. Por viver em Cassilandia e nao ter convivido de perto com essa dura realidade vou mostrar (como forma de advertencia) o que acontece aqui e em todo o mundo. Casos tão absurdos e surreal como encontrar idosos mortos sozinhos em seus apartamentos.

Com a liberaçao estamos acompanhando os inumeros casos passados muitos dias, meses ou até anos (ate poucos meses atraz era probibido ) tais como:_(IDOSA ENCONTRADA MORTA EM CASA HÁ NOVE ANOS, a descoberta só ocorreu porque idosa seria despejada do imóvel que nao era pago esse tempo todo, obs:O cão também foi achado morto na varanda do ap)._Idoso de 80 anos encontrado morto em sua habitaçao._( Encontraram um idoso de 70 anos morto a três dias dentro de casa.

O que chocou a opinião pública foi saber que ele era responsável pela esposa doente com Alzheimer e a cunhada doente acamada.)_\\\"Mais dois idosos foram encontrados sem vida ontem\\\".Vemos que os acontecimentos não param de ocorrer, em uma mesma semana, apareceram três idosos mortos sozinhos em casa.De fato é preocupante a situação dos idosos em todo mundo. Merece uma reflexão de nós todos, sobre aquilo que nós enquanto pessoas, como é que nós tratamos os nossos idosos, como a sociedade os entende. É evidente que isso é uma responsabilidade de todos nós da sociedade.

Vou deixar aqui a minha opiniao sobre o que vejo aqui, visto que Portugal é o país com a população mais velha da Europa, é compreensível que casos destes aconteçam. É a sequência natural da vida e o ser humano não escolhe a hora de morrer. Por outro lado, fica minha “respeitosa” crítica ao povo português Não se misturam, não se relacionam, desconfiam de tudo. Se negam à relação humana. Se fecham na sua própria independência financeira. Se negam à amizade,mas quem hoje em dia afasta as pessoas que o rodeia, vai estar sozinho no fim da vida.

Nos países de 3º mundo como o nosso BRASIL, estas relações humanas são mais próximas, as pessoas dependem umas das outras. Contam umas com as outras. Nos países ricos é comum esta frieza e indiferença porque o dinheiro lhes supre qualquer necessidade. Talvez, a pobreza e as dificuldades tenham chegado a este país, porque Deus entendeu que precisam ser mais humildes e menos preconceituosos. A necessidade comum, aproxima os semelhantes. Arrogância e indiferença não nos leva a nada. Abraço a todos. Ass: JOANA DARC PIMENTA



NR: publicado sem correções para não alterar o pensamento da responsável pelo artigo. O Cassilandianews não se responsabiliza por artigos ou opiniões com autoria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 30 de Março de 2017
Quarta, 29 de Março de 2017
20:34
Loteria
Terça, 28 de Março de 2017
21:41
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)