Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

25/06/2012 18:22

Artigo: Fuja do tédio no trabalho!

Por Alan Cordeiro

Muitos profissionais não conseguem permanecer mais que poucos anos em um emprego e ficam mudando de empresa sempre que surge uma nova oportunidade. Muitas vezes se esquecem de que o fator motivador para a busca de um trabalho perfeito está na dificuldade para lidar com a rotina.



A rotina tem peso e significados diferentes para as pessoas, dependendo do que está sendo feito. O desânimo e falta de motivação logo aparecem quando a pessoa se deixa contaminar com comentários de colegas que estão insatisfeitos justamente porque não sabem lidar com a rotina nem mudar seus hábitos.



Observe quantas pessoas ficam contando as horas para chegar logo o fim de semana e declaram abertamente isso nas redes sociais. Alguns sentimentos como o tédio, angústia, aborrecimento, desânimo entre tantos outros, podem evoluir para quadros mais graves como a depressão, por exemplo.



Existem pessoas que ficam reclamando do trabalho e que as atividades são sempre as mesmas, que nada muda na empresa e por aí vai, quando na verdade são mecanismos de fuga para não enxergar que a própria vida está em um ciclo entediante. Observe que essas pessoas mal conseguem esperar para chegar o fim de semana e quando chega, logo começam a reclamar que a segunda-feira está às portas. Assim recomeça todo o ciclo.



A forma como encaramos a vida nos guia em todos os campos que atuamos. Se procurarmos olhar as coisas de uma maneira positiva já é um grande passo para o sucesso. E como fazer isso? Realmente não é simples, pois está diretamente ligado aos nossos comportamentos e muitas vezes não nos conhecemos o suficiente para compreender o que está nos afetando.



Em muitos casos é preciso de ajuda profissional, como um programa de coaching, por exemplo, onde os desenvolvimentos pessoais e profissionais ajudam a pessoa a direcionar sua trajetória de vida. Para começar já, podemos destacar algumas dicas importantes:



Pensamento positivo: filtre os comentários que não são saudáveis para você - sabemos quem são as pessoas que estão sempre reclamando de tudo e de todos. Se possível, evite-os.



Valores e espiritualidade: faça uma identificação pessoal e coloque no papel quem é você, qual a sua missão e quais os papéis que você exerce na vida. Faça um panorama do que e em quem você realmente acredita.



Reconhecimento: comece a observar as coisas boas que acontecem diariamente em sua vida e em tudo o que ocorre ao seu redor. Aprenda com as dificuldades e saiba tirar as lições que a vida impõe.



Mudança: mude seu olhar para a forma negativa do que você chama de rotina. Quem faz a vida ser interessante somos nós, portanto, faça coisas interessantes, coisas novas, criativas e não tenha receio do julgamento dos outros.



Realização: faça coisas que você gosta e diga aos outros o quanto você é feliz com o que faz. Pronunciar, lançar palavras positivas para o universo pode acabar conspirando para atrair coisas boas para sua vida.



A rotina tem seu valor e sua importância. Para um bebê a rotina é questão de sobrevivência e uma resposta de segurança quando suas necessidades são atendidas. No trabalho algumas atividades ou tarefas têm a mesma necessidade de rotina, cabendo a nós identificar, entender e aceitar quando ela é essencial para o sucesso da empresa.



Agora, saber quando a rotina se tornou comodismo criado por pessoas que querem viver em suas zonas de conforto e impedem o seu desenvolvimento, é um grande desafio. É hora de colocar em prática toda a sua criatividade e se abrir para crescer e ser feliz!



Alan Cordeiro é administrador e consultor da M&S, consultoria especializada em desenvolvimento humano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)