Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/01/2010 18:19

Artigo: Férias com Deus

*Pe. Anderson Marçal Moreira

Mesmo não querendo desenvolver uma teologia de férias ou de descanso, propomos fazer algumas indagações e reflexões. É mais do que evidente que em nossos dias realmente precisamos de férias e descanso. Muitas vezes, somos exigidos de forma tão vigorosa fisicamente que o corpo fica arrasado. Isso tem consequências sobre a mente e certamente também sobre a parte espiritual. No entanto, estaria o Senhor contente com o repouso que praticamos?

Mesmo que teoricamente o ser humano funcione em áreas distintas (a física, a mental e a espiritual), nós formamos um todo, e este todo sofre quando existe desequilíbrio entre as partes. Por isso, em nossas férias, as coisas podem parecer tão perfeitas e gostosas que não precisamos do Senhor, mas não devemos nos enganar, o desequilíbrio persistirá e por isso não devemos prescindir de nosso lado espiritual.

Nas primeiras páginas da Bíblia, vemos um fato que não pode passar despercebido para quem pensa nesse assunto. “No sétimo dia Deus já havia concluído a obra que realizara, e nesse dia descansou”. (Gn 2, 2.3). O primeiro ensinamento a respeito de descanso e de férias é dado pelo exemplo de Deus, logo após a criação. Mas logo em seguida, nas próximas páginas da Bíblia, encontramos uma palavra de Deus a esse respeito, em forma de ordenação. “Lembra-te do dia de sábado, para santificá-lo. Trabalharás seis dias e neles farás todos os teus trabalhos, mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor, o teu Deus.” (Ex 20, 8-10). Certamente, Deus não faz nada sem propósito. Se Ele ordena que descansemos no sétimo dia, então, além de usarmos este dia para a glória do Criador, o Senhor está consciente do fato de precisarmos regularmente do descanso.

Virando várias páginas da Sagrada Escritura, chegamos ao Novo Testamento. Ali deparamos com um fato bem interessante com relação ao descanso e, por que não dizer, com relação às férias. Quando os apóstolos acabam de retornar de um esforço missionário evangelístico “Jesus lhes disse: “Venham comigo para um lugar deserto e descansem um pouco” (Mc 6, 30.31).

Cristo afirma que devem procurar um lugar deserto, isto é, um lugar em que não haja tantas pessoas e que proporcione tempo e oportunidade de estarem a sós com Ele. Assim, Nosso Senhor transfere a questão para outro âmbito, não devemos nos perguntar se o descanso é algo devido, e sim se o local em que ele é feito é adequado para nos manter em sintonia com Ele.

Será que Deus aprovaria os locais que escolhemos para descansar? Os lugares mais badalados e também procurados são as praias e balneários. Será que esses lugares nos proporcionam descanso e restauração física, mental e espiritual? Uma vez que ali há um aglomerado tão grande de pessoas, sempre há alguma coisa nos convidando para envolvimento. E se não bastasse, toda a mídia se esforça em desenvolver um modelo de repouso extremamente agitado, geralmente marcado pela sensualidade e consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Se formos honestos e atenciosos não descobriremos que, em vez de descanso, alcançamos algo bem mais forte em adrenalina?

Nosso Senhor Jesus Cristo convidou os discípulos para uma viagem de férias para estarem com Ele e terem tempo para estar em sintonia com o Filho de Deus. Nós também deveríamos planejar nossas férias para alcançar esse propósito.


*Pe. Anderson Marçal Moreira é membro da Comunidade Canção Nova e é mestrando de Teologia Pastoral Litúrgica junto à Faculdade Pontifícia Salesiana, em Roma.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)