Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

15/04/2009 17:13

Artigo: E eu me deparei com a imagem de Cristina Paulino

Guilherme Colagiovanni Girotto

Eis que chego ao meu escritório esta tarde, e começo a ler minhas correspondências.

De cara, fico “p da vida”, com uma correspondência que recebi da Associação Católica Nossa Senhora de Fátima. Ou melhor, a terceira carta. Nada contra a religião, pois pertenço à grande massa de católicos não-praticantes brasileiros e, por influência materna, tenho grande simpatia por Nossa Senhora.

Acontece que todas as correspondências sempre vieram com um boleto de doação. Acredito que o erro foi ter feito a primeira, pois, desde então, tornei-me um servo da instituição para “ajudar a ampliar a obra de evangelização”, segundo a própria carta que acompanha o pôster. Não discuto a seriedade da instituição, muito menos o seu propósito. Mas, particularmente, não gostei.

Entre extratos de cartão de crédito e publicações jurídicas, qual não foi a surpresa ao receber uma carta de um instituto chamado REDOME. Antes de abri-la, senti em seu interior a presença de um cartão e já comecei a esbravejar: “lá vem mais uma oferta de cartão de crédito”, feito tão habitual ultimamente, que deveria ser terminantemente proibido.

Porém, fiz muito mau juízo do REDOME: quando abri a carta, tive a oportunidade de observar que se trata de uma carta do Instituto Nacional de Câncer, que estava me agradecendo por me inscrever no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME).

Confesso que fiquei paralisado! Principalmente porque logo me deparei com a imagem da minha eterna amiga Cristina Paulino. Os agradecimentos da carta divido com ela. Ou melhor, dedico somente a ela. Seu esforço na luta contra a leucemia, o exemplo de que viver vale a pena em qualquer circunstância e a esperança de que tudo pode melhorar e ser diferente, hoje fez com que eu me transformasse no doador de medula nº 915457.

Não pude ajudá-la como gostaria. Muitos também não puderam. Mas a sua atitude frente a doença continua a ajudar milhares de pessoas pelo mundo afora. Um exemplo a ser seguindo, jamais esquecido. Tenho saudades de você, minha amiga. Obrigado pela correspondência. Os elogios são todos para você!!!

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)