Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

27/04/2008 07:57

Artigo de Nasan Xantox: "Mais simples impossível"

Nelson Affonso

Nossa educação é sempre observar os efeitos, para chegar às causas.
Com este comportamento pude entender que “inteligência e educação” realmente nada têm a ver com nível de estudo, posição social e sucesso nos negócios. Aprendi o mais importante: a respeitar os mais simples, os menos cultos, aqueles que os mais debochados chamam de ignorantes.
Na construção de uma casa, ainda na minha adolescência, resolvi ajudar o pedreiro contratado de meu pai. Ele, o pedreiro, era analfabeto e tinha dificuldade com os números (até aí nada de novo). Procurei auxiliá-lo no possível com os levantamentos de níveis; paralelismo no recuo lateral e frontal do terreno; compra de materiais; enfim, auxiliei em tudo na obra. Quando já estava pronto o contra-piso, as paredes até à altura desejada, era o momento do complemento de parede (aquele característico triângulo) para sustentação da cumieira.
Sem experiência nenhuma nesta empreitada, comecei a fazer minha “aritmética”, considerando a altura necessária para o vão (distância entre paredes), com vinte e cinco por cento de inclinação (queda) no telhado.
De posse de uma folha com o resultado, todo orgulhoso procurei o pedreiro e quis explicar como encontrei a altura necessária, tentando mostrar toda minha sabedoria e como cheguei ao resultado.
Foi aí que tive uma grande surpresa. Quando argumentei, expliquei de forma calma e simples, ele somente observou calado e não disse nada.
Pediu “licença”, pegou uma linha. Pediu-me, “por favor”, que segurasse em uma das pontas. Esticou de uma parede à outra. Voltou com linha presa na distância percorrida e disse:
- “Oia! Eu pego a linha e estico de parede a parede”. (Já havia esticado).
- Dobro no meio. (E dobrou ali na minha frente).
- “Ai, eu dobro tudo outra veis”. (Realmente dobrou).
Pegou o feixe de linhas esticadas de uma mão a outra e me apresentou:
- “Tá aqui a artura do cume do espigão do teiado, moço”!
Mais simples? Impossível!

Nasan Xantox

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)