Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/05/2009 10:37

Artigo: Cerrado, riqueza ameaçada

Marluce de Castro Vilela

O Cerrado, que em português significa fechado, é um bioma eu representa uma das maiores biodiversidades do planeta, abrange 25% do território nacional, 13 estados brasileiros, com cerca de 200 milhão de há. Sua posição central faz limite com as florestas Atlântica e Amazônica, com a Caatinga e com o Pantanal.
No Cerrado nascem rios que abastecem as grandes bacias brasileiras, a do Amazonas ao Norte, do São Francisco ao Nordeste, e do Prata ao Sul, portanto sendo fundamental à conservação dos mananciais de abastecimento de água.
Nas últimas décadas, o Cerrado vem sido visto como uma alternativa ao desenvolvimento do país e ao desmatamento da Amazônia, sendo proposta uma exploração mais intensa dessa região, seja por aumento da área agrícola, seja por plantios florestais para capturar carbono atmosférico ou pela intensa migração do homem.
O Cerrado é a savana mais rica em biodiversidade do mundo, abrigando aproximadamente um terço das plantas brasileiras. As plantas nativas do Cerrado oferecem um grande potencial econômico, como por exemplo, para a bioquímica e a medicina. Sem nenhum estudo sistemático neste campo, reconhece-se não menos de 250 tipos de plantas potencialmente comercializáveis, a maior parte endêmicas, isto é, só ocorram nas savanas brasileiras. Estimativas apontam mais de 6000 espécies de árvores e 800 espécies de aves, além de grande variedade de peixes e outras formas de vida.
Calcula-se que mais de 40% de espécies de abelhas sejam endêmicas. Devido a esta excepcional riqueza biológica, o Cerrado, ao lado da Mata Atlântica, é considerado um dos hotspots mundiais, isto é, é um dos biomas mais ricos em biodiversidade e ameaçados de degradação do planeta.
Toda essa riqueza está desaparecendo numa velocidade superior à verificada na Amazônia. Teme-se que em função da ação desordenada do homem, o cerrado, em sua forma natural, venha a desaparecer rapidamente.

Marluce de Castro Vilela, graduada em Ciência e,
acadêmica do curso de Tecnologia em Gestão Ambiental











O Cassilândianews não se responsabiliza por matérias com autoria.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)