Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/08/2012 15:33

Artigo: Além da culpa

Rosildo Barcellos

Com fulcro na experiência em sala de aula, percebo que a cada dia encontramos mais óbices para se resgatar os valores aceitáveis de convivência pacífica, envolvendo o trinômio: família, escola e comunidade.Tenho sido procurado por orientadores educacionais e coordenadores pedagógicos que informam colher inúmeras dificuldades para elucidar a complexa problemática do adolescente em conflito,tanto com a lei como consigo mesmo, haja vista que o modelo “tradicional” de sistemas penais não contemplam,neste momento, a plena eficiência. O Estatuto da Criança e do adolescente ( ECA) preconiza pela remissão (Art 126 a 128) e penas alternativas aonde se inclui a obrigação de reparar o dano e a prestação de serviços a comunidade(Art 112). Mas está evidente que as supramencionadas diretrizes não estão sendo razoavelmente eficazes para a buscada aplicabilidade dos princípios restaurativos na questão dos menores.

Evidentemente a melhor solução para as desavenças familiares ainda é a conciliação e a mediação buscando-se ao máximo evitar o litígio.Está cada vez mais raro o abraço entre pais e filhos e o respeito ao professor em sala de aula. Destarte é nítido e cristalino que muitas vezes os papéis de vítima e infrator confundem-se, não sendo adequado promover a polarização dos litigantes. Em casos de violência física na escola, nas relações de vizinhança e entre familiares pode acontecer, por exemplo, de o \\\"infrator\\\" estar reagindo a alguma agressão precedente por parte da \\\"vítima\\\", que pode ser de natureza que favoreça o “bullyng”. A punição nesses casos peremptóriamente seria revitimizadora e não contribuiria para a melhoria das relações entre os envolvidos, nem para a realização da justiça.

Estive neste mês realizando um Curso de Mediação de Conflitos pelo Ministério da Justiça e conhecendo a realidade do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, que inclusive teve visita de uma comissão de estudiosos do tema oriundos da Espanha – Programa Eurosocial; e vejo com grande alegria, neste sentido, a sempre atuante Secretaria de Educação do Estado de MS em parceria com o Egrégio e Insigne Tribunal de Justiça do Mato Grosso do sul, por estar implantando a Justiça Restaurativa e firmando um acordo de cooperação para um projeto de execução de ação conjuntas.Já implantada em Três Lagoas e de forma inovadora em Amambai, com a Justiça Restaurativa Indígena estamos certamente caminhando para um futuro promissor com este ato. Neste particular estamos bem a frente de muitos estados até porque o estilo de resolução de conflitos através dos princípios da Justiça Restaurativa tem o supedâneo suficiente para alicerçar a construção de ambientes sociomorais na escola e na comunidade, de forma que seja possível a discussão e o fortalecimento de conceitos e valores morais, que contribuam para a consolidação da cooperação do corpo docente e discente e para a construção da autonomia da comunidade e por derradeiro, para o combate a violência que neste momento é fator de inexorável preocupação.

*Articulista

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)