Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/03/2012 12:02

Artigo: A pessoa ideal

João Bosco Leal

É muito comum ouvirmos de jovens, adultos e até de pessoas já bem maduras, que estão sós porque até o momento não encontraram a pessoa certa, aquela com quem, querem envelhecer. Questionando sobre quem seria a certa, normalmente ouvimos descrições das mais variadas, sobre alguém que possui um conjunto de qualidades e requisitos quase impossíveis de serem encontradas em única pessoa.

Ela precisa ser bonita, honesta, fiel, trabalhadeira, companheira, cúmplice e ter o mesmo nível educacional, cultural, social e econômico que o seu. Não bebe, fuma ou joga, gosta de supermercados, mas não de futebol. Está disposta a lhe dedicar sua atenção em tempo integral, preocupando-se com todos os seus desejos, necessidades, ambições e, sexualmente, lhe enlouquece. Pessoas que reúnem todas essas características provavelmente não existem, e quem as procura é de um egoísmo indescritível, pois nunca diz o que vai dar ou o que possui para oferecer, mas só o que exige.

A inteligência do candidato raramente é citada entre as exigências, o que demonstra a falta desse atributo nos pretendentes que, se pensassem, saberiam que as pessoas de hoje já não serão as mesmas amanhã, pois as experiências vividas e o aumento do conhecimento mudam todos, que nunca mais serão os mesmos, nem física nem mentalmente.

Quando perguntados sobre o que pensam que provocou o fim de seu longo relacionamento, muitos respondem que seu par mudou muito, já não se parece em nada com a pessoa com quem se casou. Mas o que esperavam? As companhias, os desejos e ambições, tudo foi alterado nesse período.

Ela certamente já não gostará do mesmo tipo de roupas, músicas, aventuras, velocidade, riscos, amizades ou de tantas outras coisas que mudaram com o tempo, de modo que seria inconcebível esperar que alguém permanecesse com os mesmos gostos, ou que pensasse da mesma maneira que há quarenta anos.

Suas necessidades atuais também já não são as mesmas, nem física nem emocionalmente e não está mais em busca de algo financeiramente lucrativo, mas de um tempo livre maior, que possa ser dedicado ao autoconhecimento, em busca de maior cultura e de maior convivência com os filhos e netos.

Nesta fase, pouco ou nada do que buscava na juventude continuará lhe interessando e a beleza física de seu par, se ele gosta de supermercado, de futebol ou de cinema, são coisas que sequer serão consideradas em seu relacionamento. Sua procura será pelo que mais importa atualmente: o companheirismo, a cumplicidade, a amizade e o carinho.

Será muito comum encontrar-se rindo das próprias opções, escolhas e exigências juvenis, das preocupações desnecessárias que teve e dos momentos felizes vividos juntos de sua companheira. Afinal, essa é a sua história e nada melhor do que poder partilhá-la com quem dela participou, seja por pouco ou por muito tempo.

Assim, as pessoas certas para determinado período de nossa vida poderão não sê-lo em outro, pois mudaram, assim como nós. Se antes necessitávamos de uma companheira jovem, ativa, disposta a nos acompanhar em muitas aventuras e correrias, hoje procuramos alguém que compartilhe de nossa maior paciência e da busca da segurança, com a pouca pressa em atingirmos nosso destino.

Para que isso ocorra, entretanto, é necessário que sua companheira ou companheiro receba demonstrações diárias de que você realmente a ama, é seu amigo e companheiro para que ela, sempre segura disso, passe a retribuir-lhe com tudo o que você sempre desejou e que realmente importa.

A pessoa ideal, para um relacionamento inteligente, saudável, maduro e duradouro, só é encontrada quando entendemos a necessidade do dar e do fazer feliz, pois o receber será uma consequência natural dessa doação.

João Bosco Leal www.joaoboscoleal.com.br

*Jornalista, escritor, articulista político e produtor rural

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)