Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

11/10/2006 08:52

Artigo - A padroeira do Brasil

* Felipe Aquino

Em 1717, depois de uma pescaria frustrada no rio Paraíba do Sul – perto de Guaratinguetá (SP) –, três pescadores puxaram a rede e colheram o corpo de uma estátua de Nossa Senhora da Conceição. Logo depois, encontraram a cabeça. Surpreendentemente, em seguida, Domingos Martins Garcia, João Alves e Felipe Pedroso testemunharam farta pescaria. Impressionados com o ocorrido, permitiram que a imagem circulasse entre as casas dos fiéis, que a veneravam.

Alguns fatos extraordinários chamaram a atenção dos párocos locais. Entre eles, o do escravo que teve suas correntes subitamente rompidas enquanto implorava proteção a Nossa Senhora Aparecida, ocorrido por volta de 1790 e relatado pelo Pe. Claro Francisco de Vasconcelos em 1838 (Júlio J. Brustoloni, A Mensagem da Senhora Aparecida, Ed. Santuário, Aparecida, SP, 1994).

O pároco, então, decidiu construir para a Santa Mãe uma capela capaz de satisfazer ao crescente número de devotos da Virgem. A capela foi substituída por outra maior em 1745, no morro que tomou o nome de “Aparecida” (hoje cidade de Aparecida do Norte, no Vale do Paraíba). Em 1846, foi iniciada a construção de templo mais vasto, que ainda hoje subsiste. Em 1980, foi concluída monumental basílica, alvo de peregrinações numerosas durante o ano inteiro.

A coroação de Nossa Senhora Aparecida, com a participação do Sr. Núncio Apostólico Dom Júlio Tonti, do representante do Presidente da República, do Episcopado do Brasil Meridional e de grande multidão de sacerdotes e fiéis, aconteceu em 8 de setembro de 1904.

O Papa Pio XI, atendendo a um pedido da hierarquia e dos fiéis, proclamou Nossa Senhora Aparecida a Padroeira principal de todo o Brasil. Em 16 de julho de 1930, Sua Santidade publicou: “... Por conhecimento certo e madura reflexão nossa, na plenitude de nosso poder apostólico, pelo teor das presentes letras, constituímos e declaramos a mui Bem-aventurada Virgem Maria concebida sem mancha, sob o título de ‘Aparecida’, Padroeira principal de todo o Brasil diante de Deus... decretamos que as presentes letras estejam e permaneçam sempre firmes, válidas e eficazes, surtindo seus plenos e inteiros efeitos”.

Em 31 de maio de 1931, o Brasil foi solenemente consagrado a Nossa Senhora Aparecida pelo Cardeal D. Sebastião Leme, na presença do Presidente da República e de numerosas autoridades religiosas, civis e militares na cidade do Rio de Janeiro.

Desde a descoberta milagrosa da imagem de Nossa Senhora, o povo brasileiro jamais deixou de prestar a Virgem Aparecida um culto de profunda veneração e respeito. São incontáveis os milagres narrados pelo povo. A sala dos milagres da Basílica é testemunha desses fatos.

A devoção do povo a Nossa Senhora Aparecida ultrapassa qualquer análise teológica, sociológica e psicológica. Especialmente aos domingos, desde a primeira missa celebrada (5h30), a Basílica já está lotada, e assim permanece por todo o dia.

Todo 12 de outubro, dia de sua Festa, mais de cem mil pessoas de todo o país passam pela Basílica e voltam realizadas e alimentadas em sua fé. Para os que crêem, nada há de supersticioso, fantasioso ou crendice vazia nesses fatos, mas é uma realidade transcendente que está plenamente de acordo com o Evangelho. Como sua última dádiva aos cristãos, Jesus deixava a Sua Mãe para ser a Mãe dos cristãos; Mãe na ordem espiritual, protetora, intercessora, advogada, medianeira de todas as graças diante do seu Filho divino.

No “Canto do Magnificat”, Maria profetizara que “todas as gerações me proclamarão Bem-aventurada!”. E isso acontece no Santuário de Aparecida, Lourdes, Guadalupe, e em muitos outros espalhados pelo mundo. É apenas o cumprimento dessas realidades espirituais.



* Prof. Felipe Aquino é teólogo e apresentador dos programas Escola da Fé e Trocando idéias, na TV Canção Nova (www.cancaonova.com)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Sexta, 25 de Maio de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)