Cassilândia, Terça-feira, 22 de Maio de 2018

Últimas Notícias

07/08/2012 14:56

Artigo: A importância do berço na vida do bebê

Por Rodrigo Pinto

A chegada de um bebê é sempre motivo de muita festa e comemoração - em especial para a futura mamãe. A mulher curte cada detalhe, desde a escolha das roupas até a decoração do quarto. Um dos itens mais importantes nesta fase é o berço, que abrigará o novo membro da família.



Além de bonito e aconchegante, é importante que este móvel seja seguro, afinal é lá que o bebê passará a maior parte de seu tempo. Inclusive, a partir do próximo ano será obrigatória uma certificação destes móveis junto aos órgãos credenciados pelo Inmetro. O objetivo desta nova norma é garantir muito mais que conforto e sim segurança ao usuário.



Mas, independentemente da certificação, na hora de comprar um berço, os pais precisam estar atentos a alguns detalhes essenciais. Por exemplo, é preciso notar se há bordas ou partes salientes que podem machucar o bebê. O ideal é optar sempre por arestas arredondadas, que sejam isentas de rebarbas.



É importante também verificar se o produto apresenta risco de tombamento. Ainda na loja, com o estrado na parte de cima do berço, faça um esforço lateral, verificando se o berço suporta essa pressão sem apresentar o risco de virar, ocasionando assim um acidente grave ao bebê ou à criança.



É preciso ter atenção ainda quanto ao colchão. Quando ele não faz parte do produto, o fabricante do berço deve informar as dimensões indicadas para o encaixe perfeito. Os pais precisam se atentar quanto à fixação do colchão no estrado, evitando que a criança possa levantá-lo sozinha de dentro do berço.



A nova norma trás algumas novidades quanto à fixação dos parafusos, que devem ser projetados para serem removidos com precisão, facilitando assim a montagem e a desmontagem. Para evitar acidentes com os dedinhos, os furos acessíveis devem ser menores que 7 mm. Outras aberturas devem estar entre 12 e 25 mm e 45 e 65 mm, evitando prender outros membros dos bebês. A distância entre as laterais do berço e entre a base e as extremidades não deve passar de 25 mm.



Sobre a altura ideal para as laterais e cabeceiras do berço, os pais devem considerar para o recém-nascido a altura mínima de 30 cm com o estrado no ponto mais alto. No ponto mais baixo, sem a regulagem, a altura mínima é de 60 cm. Caso contrário, há risco de o bebê pular por cima das grades.



É preciso ter atenção em relação aos berços que se transformam em mini-cama. A ideia de aumentar o período de vida do produto é muito boa, mas é importante verificar se ele continuará trazendo aconchego, beleza e principalmente segurança à criança. O ideal é que os bebês fiquem no berço até pelo menos dois anos de idade. Depois disso, a mini-cama com grade lateral é o mais indicado.



Outra dica interessante, mas que não é obrigatória na norma é utilizar berços que possuem a opção de instalação de protetor de PVC na parte superior da grade. Estes protetores facilitam a higienização e preservam o acabamento do produto.



Por fim, é importante saber sobre a idoneidade da fábrica e da loja. Pesquise empresas que sejam tradicionais no segmento, que tenham respeito ao consumidor, com garantias, padronização em seus processos e certificados de qualidade, como ISO 9001. Quanto ao produto, solicite o atestado de certificação atualizado. Este documento garante que o produto foi exaustivamente testado quanto à sua flexibilidade, durabilidade e quanto à utilização de pintura atóxica.



Escolhendo o produto certo, cabe aos pais manterem-se atentos aos movimentos do bebê. Afinal, mesmo seguindo a todos os requisitos das normas, o mais importante é ficar de olho na criança para evitar acidentes. A saúde e a segurança do seu filho não tem preço.



Rodrigo Pinto é diretor comercial da Cia. do Móvel.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Maio de 2018
Segunda, 21 de Maio de 2018
10:00
Receita do dia
Domingo, 20 de Maio de 2018
15:18
Cassilândia/Itajá
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)