Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

18/11/2006 08:45

Artesanato de MS participa da "Feira Mãos" de Minas


O artesanato de Mato Grosso do Sul vai ser um dos destaques da XVII edição da Feira Nacional de Artesanato (Mãos de Minas), que acontece em Belo Horizonte (MG), entre os dias 21 e 26 de novembro, no pavilhão Expominas. É a quarta vez que o Estado participa da Feira que é considerada a maior da América Latina.

Segundo a gerente da Unidade de Comércio, Indústria e Serviços do Sebrae em Mato Grosso do Sul, Lissandra Daudt Baron, a instituição disponibilizou um estande na feira para que os artesãos do Estado filiados a Associação de Artesanato de Mato Grosso do Sul (Artems), Sindicato dos Artesãos (Sinart), Federação dos Artesãos (Feneart) e União dos Artesãos (Uneart) possam comercializar suas peças: “Esperamos que os nossos produtos repitam o mesmo sucesso obtido no ano passado, quando as peças foram um dos principais destaques do evento”.

O Sebrae trabalha com o Programa de Artesanato desde 1998. Para levar o Programa para os municípios a Instituição conta com o apoio de parceiros como as prefeituras municipais, ONG’s, Sindicatos e Associações. Através dessas parcerias são realizados treinamentos com o objetivo de desenvolver núcleos produtivos através de cursos, fortalecendo assim o espírito empreendedor e gerando segurança nos pequenos negócios para que possam crescer.

O trabalho tem mostrando resultados, cinco grupos produtivos do Estado estão entre os 100 melhores do Brasil e vão receber o Prêmio Top 100 de Artesanato. O Prêmio é uma iniciativa do Sebrae Nacional e tem por objetivo ampliar a visibilidade dos produtos artesanais e tornar a atividade ainda mais competitiva, e melhor preparada para o mercado nacional e internacional.

De acordo com Lissandra, o resultado pode ser creditado ao incentivo que os artesãos vêm obtendo através do Projeto de Artesanato, em que são incentivados a trabalhar com matérias-primas naturais e a se preocupar com o design das peças. “Isso vem sendo o diferencial dos produtos do Estado em relação aos outros nos eventos em que participamos”, comenta. Para chegar a esse resultado os artesãos participaram de várias oficinas e consultorias com designers especializados. Essas consultorias resultaram na criação de novas linhas de produtos, para atender segmentos de mercados diferenciados. “O Sebrae trabalha com os artesãos orientando na parte de produção, gestão e mercado. Apóia a comercialização dos produtos incentivando a participação em feiras, mostras e rodadas de negócios”.

A exposição em Belo Horizonte contará com peças em cerâmica, sementes, fibras, chifre, madeira, osso, couro, tecelagem, entre outras, produzidas pelos núcleos de artesanato dos municípios de Bonito, Bodoquena, Caarapó, Campo Grande, Corumbá, Corguinho, Coxim, Dourados, Jardim, Nova Alvorada do Sul, Miranda, Pedro Gomes, Rio Brilhante, Rio Verde e Três Lagoas. Todas as peças que vão fazer parte da exposição serão escolhidas pelos artesãos e devem fazer parte do Programa de Artesanato do Sebrae.

O Programa de Artesanato procura trabalhar com os artesãos a identidade regional para as peças, utilizando como elementos de composição dos produtos as cidades históricas, a fauna e flora pantaneira e a iconografia. A identidade das peças, somada com as características das matérias-primas locais, como o osso, a madeira, a cerâmica e as fibras, e a preocupação com o acabamento final do produto, é o que confere ao artesanato sul-mato-grossense esse diferencial no mercado.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)