Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

31/05/2011 19:41

Arroyo apresenta PEC para plebiscito sobre mudança do nome de MS

Fabiano Arruda, Campo Grande News
Erro no Congresso reascendeu polêmica discussão sobre o nome de MS. (Foto: Divulgação)Erro no Congresso reascendeu polêmica discussão sobre o nome de MS. (Foto: Divulgação)

O deputado Antônio Carlos Arroyo (PR) apresentou, na sessão desta terça-feira, na Assembleia Legislativa, PEC (Projeto de Emenda Constitucional) que acrescenta dois incisos ao artigo 4º da Constituição Estadual sobre o plebiscito.

Para o líder republicado na Casa, o mecanismo é um primeiro passo para que os sul-mato-grossenses discutam sobre a mudança do nome de Mato Grosso do Sul.

Segundo informações da Assembleia, o inciso primeiro determina que, para a mudança de denominação do estado, a emenda constitucional seja precedida da aprovação da Assembleia Legislativa e de consulta à população por meio de plebiscito.

Já o inciso segundo estabelece que o plebiscito seja realizado simultaneamente com eleições gerais.

Na semana passada, Arroyo ocupou a tribuna para discursar sobre o tema. “O Estado perde muito, inclusive, a oportunidade de usar o nome Pantanal”, considera o parlamentar.

Para ele não haverá imbróglio na alteração do nome. Sobre os custos de um plebiscito, sugeriu como solução ser realizado durante as eleições municipais para não gerar novos custos. Em relação à nova sigla do nome Pantanal, que chegou a ser polêmica, ele defendeu que está esclarecido: a nova legenda seria PN e não PT.

Sobre o fato da necessidade de alterar placas das vias em Mato Grosso do Sul e documentos, Arroyo minimizou. “Quando trocaram MT por MS todo mundo teve de tirar novos documentos. Não vejo empecilhos”, disse.


As discussões foram motivadas por um erro na Câmara Federal. Lá um totem apontava os parlamentares de Mato Grosso do Sul como de Mato Grosso. “Na corte maior do legislativo nacional nós não existimos”, enfatizou na ocasião.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)