Cassilândia, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/02/2005 11:19

Arrecadação do FGTS em 2004 foi recorde, segundo a CEF

Mauricio Cardoso/ABr

Graças à arrecadação recorde registrada pelo Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) em 2004, o Conselho Curador do Fundo vai disponibilizar este ano o maior orçamento da história do FGTS para aplicação em habitação e saneamento: R$ 11,2 bilhões. No ano passado, o FGTS arrecadou R$ 28,2 bilhões (13,3% superior ao exercício de 2003) e fechou o ano com uma arrecadação líquida (depósitos menos saques) de R$ 6,2 bilhões.

Segundo o diretor do FGTS da Caixa Econômica Federal (CEF), Joaquim Lima, em 2004 o Fundo registrou o ingresso de mais de 1,6 milhão de novas contas e teve mais de 2 milhões de empresas recolhendo mensalmente os valores devidos aos seus trabalhadores. "Todos os estudos que nós fazemos apontam para o crescimento da economia e para a geração de novos empregos", comemora Joaquim Lima, ressaltando que, mais do que um direito do trabalhador, o FGTS é um benefício que gera empregos e melhoria da qualidade de vida para toda a sociedade brasileira.

Joaquim Lima explica que os recursos não sacados do FGTS são investidos em habitação, desenvolvimento urbano e saneamento básico, principalmente para a população de mais baixa renda. Este ano, o Conselho Curador vai disponibilizar R$ 1,2 bilhão exclusivamente para programas habitacionais destinados a famílias com renda familiar de até 5 salários mínimos. O FGTS pode ser sacado pelo trabalhador em caso de demissão sem justa causa, compra da casa própria, no ato da aposentadoria ou no momento de uma doença grave.

De acordo com o diretor, a CEF continua investindo em tecnologia da informação para dar a maior transparência possível às contas do FGTS e garantir ao trabalhador, que é o proprietário desses recursos, todos os meios para que ele possa acompanhar os valores recolhidos pelo empregador. "A tecnologia facilita o recolhimento por parte das empresas, o acompanhamento pelos trabalhadores e a fiscalização feita pelo Ministério do Trabalho", disse.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 10 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 09 de Dezembro de 2017
09:09
Cassilândia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)