Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

18/02/2016 12:30

Árabes vão comprar carne de 9 frigoríficos de Mato Grosso do Sul

Midiamax

A Arábia Saudita, maior produtor mundial de petróleo, habilitou importação de carne, in natura e industrializada, de nove frigoríficos sul-mato-grossenses. As negociações devem ser concretizadas até o final de fevereiro.

A autorização, divulgada pelo governo estadual, afirma que a SFDA (Sigla para Autoridade Saudita de Alimentos e Medicamentos) habilitou ao todo 49 frigoríficos brasileiros a exportar carne para o Oriente Médio.

Dados divulgados pelo governo, afirma que as indústrias frigoríficas esperam alcançar com as exportações para os sauditas cerca de US$ 46 milhões neste ano, o equivalente a R$ 168 milhões (com a cotação do dólar na casa dos R$ 4).

O potencial para os próximos anos, de acordo com cálculos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), chega a US$ 74 milhões. Para a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne, esse é um mercado com grande potencial: o país consome anualmente 108 mil toneladas de carne (85% são importadas), com expectativa de aumentar o consumo em até 8% até 2019.

Suspenso desde 2012, depois de um caso atípico da doença da vaca louca, as exportações brasileira para o mercado saudita foram reabertas após negociações entre o MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) com o Ministério da Agricultura do Reino da Arábia Saudita.

Apenas em 2014, os sauditas gastaram cerca de US$ 355 milhões (quase R$ 1,5 bilhão) na importação de quase 100 mil toneladas de carne, o que equivale a quase 10% da exportação brasileira de carne bovina, estimada em 1,1 milhão de toneladas/ano.

O governo estadual divulgou que foram habilitadas as exportações de três unidades JBS, sendo duas de Campo Grande e uma de Naviraí, duas unidades Marfrig, em Bataguassu e Porto Murtinho, do frigorífico Total, de Paranaíba, Minerva, de Batayporã, Vale Grande, de Iguatemi e Mataboi, de Três Lagoas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)