Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

03/03/2006 13:46

Aprovados em concurso de 2004 ainda esperam convocação

Paulo Fernandes / Campo Grande News

Uma comissão de 60 pessoas, que fazem parte dos 133 aprovados no concurso público da policia civil em 2004, foi formada para reivindicar a convocação deles. As inscrições para aquele concurso foram abertas em 13 de abril de 2004, mas até hoje, nenhum dos aprovados foi convocado. A legislação diz que o concurso público é válido por dois anos e que pode ser renovado por igual período.

O presidente do grupo, Keller Luiz de Oliveira, explicou que em 8 de novembro de 2004, após todas as fases do concurso público que antecedem a formação na academia terem sido concluídas, o governo de Mato Grosso do Sul convocou - por meio de publicação no Diário Oficial - os candidatos aprovados para que eles fizessem matrícula no curso de formação. Vários documentos foram providenciados pelos candidatos. Um gasto de quase R$ 150, segundo Keller. “E antes da prova, gastamos com cursinhos preparatórios e a inscrição da prova escrita”, lembra.

Os candidatos que moram fora de Campo Grande gastaram muito mais para fazer o concurso. Maria Ester Junker Jardim, que mora em Amambai, calcula ter gastado R$ 3 mil, já que teve que pagar também várias passagens de ida e volta para Campo Grande, além de hospedagem e alimentação na Capital.

Muitos dos aprovados chegaram a trancar matrícula na faculdade, pedir demissão do emprego e cancelar diversos compromissos. Mas no dia 23 novembro foram surpreendidos com uma nova publicação em Diário Oficial que anulou a convocação para a matricula. Até hoje, eles não foram chamados para fazer o curso de formação na academia.

Os concursados tentaram contato diversas vezes com o secretário Ronaldo Franco (Gestão Pública) para saber sobre o porquê da não convocação, mas não obtiveram resposta. “Até agora só escutamos especulação”, afirmou Maria Ester.

Ronaldo Franco também foi procurado pelo Campo Grande News nesta sexta-feira para falar sobre o assunto nesta manhã. Ele não atendeu o celular. Na secretaria, a informação é de que ele estava em uma reunião.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)