Cassilândia, Sábado, 24 de Junho de 2017

Últimas Notícias

11/10/2016 10:10

Aprovado projeto que cria a Controladoria e Ouvidoria Municipal; duas opiniões

Assessoria Prefeitura Municipal e Chapadensenews

O site da Prefeitura Municipal de Chapadão do Sul publicou matéria sobre a regulamentação no município da Ouvidoria e o Controle Interno. O site Chapadensenews também publicou matéria mostrando outro ângulo da questão. O Cassilândia Notícias faz a publicação dos dois para análise dos leitores. Veja o que diz o site da Prefeitura:

 

A Câmara de Vereadores aprovou e o prefeito sancionou as leis que regulamentam a nível municipal a Ouvidoria e o Controle Interno, leis 1.119 e 1.120 de 2016.

Referidas leis foram publicadas no dia 05 de outubro no Diário Oficial do Município, que passa a ser um dia histórico para o município de Chapadão do Sul.

As leis, entre outras coisas, garantem mandato de 4 anos para o Controlador e para o Ouvidor Geral. Como disposição transitória, o atual Controlador Chefe, bem como o Ouvidor, permanecerão no cargo pelos próximos 4 anos, e os Controladores Analistas por 2 anos. Caso seja o interesse do prefeito, os mesmos poderão ser reconduzidos aos cargos após o encerramento do mandatos, desde que os nomes sejam aprovados pela Câmara.

Um grande entusiasta dessas leis foi o Procurador de Justiça e Chefe da Ouvidoria Geral do Ministério Público Estadual, o Dr. Olavo Monteiro Mascarenhas. Segundo ele, que analisou as leis ontem, na forma como foram aprovadas e publicadas garantem mandato aos que já estão no cargo atualmente, que foram aqueles que implantaram os departamentos e para os quais o município investiu treinamentos.

Além do mais, as leis garantem que esses departamentos atuem de forma autônoma, sem vínculo político com aqueles que estarão na gestão, preservando-se assim, o interesse público e os princípios da tecnicidade e continuidade do serviço público.

Segundo o Controlador Geral do Município Dr. José Ricardo Perina, essas leis foram uma grande conquista da sociedade, que não tolera mais o mau uso do dinheiro público: “os contribuintes que conversam comigo estão entusiasmados, porque sabem que ganham mais um aliado para fiscalizar o executivo, além do que já faz a Câmara de Vereadores, o Tribunal de Contas e o Ministério Público”.

Lembra o Controlador, no entanto, que a função principal da Ouvidoria e do Controle é servir como ferramenta de apoio ao prefeito, e no caso do Controle Interno também de orientar, e somente após, cobrar e, em último caso, levar ao conhecimento do Ministério Público e do Tribunal de Contas, caso seja constatada algum ato ilícito de malversação do dinheiro público.

 

AGORA O QUE FOI PUBLICADO PELO CHAPADENSE NEWS SOBRE O MESMO ASSUNTO:

Câmara aprova lei que garante 4 anos para Ouvidor e Controlador em Chapadão do Sul. Deverá ser o primeiro veto de 2017


Câmara aprova lei que garante 4 anos para Ouvidor e Controlador em Chapadão do Sul. Deverá ser o primeiro veto de 2017


A Câmara de Vereadores de Chapadão do Sul aprovou o projeto de lei que garante “mandato” de quatro anos para o Controlador Geral e do Ouvidor do Município, dando estabilidade aos titulares destes dois importantes cargos considerados de confiança. O assunto vinha sendo discutido há cerca de 30 dias entre os parlamentares que chegaram a propor cinco emendas no projeto. Até próximo da votação a tendência era de rejeição aos quatro anos. Na prática os parlamentares acabaram se posicionando contra as emendas, num escore de 6 X 3. Votaram contra os dois vereadores que se reelegeram e continuam no Legislativo (Elton Silva / Alírio Bacca) e Sônia Maran que não concorreu a reeleição. Aqueles que sairão do cenário politico em 20017 aprovaram a lei: (Rosemari Cruz / Tânia Francini / Dr. Quaranta / Abel Lemes / Prainha / Teacher Wagner)

Já há informações de bastidores que a lei deverá ser vetada por João Carlos Krug, o prefeito eleito que tomará as decisões políticas e administrativas a partir de janeiro. Apesar do feriadão o assunto repercute nos bastidores porque o projeto poderia ser encaminhado e votado na próxima legislatura porque os cargos são estratégicos. Também há a discussão de que o próximo gestor não poderá vetar tema do atual após publicação no Diário Oficial. Poderá ter o entendimento de inconstitucionalidade para derrubar a lei.

Segundo o texto postado no site da prefeitura “o atual Controlador Chefe, bem como o Ouvidor, permanecerão no cargo pelos próximos quatro anos, e os Controladores Analistas por 2 anos. Caso seja o interesse do prefeito, os mesmos poderão ser reconduzidos aos cargos após o encerramento do mandatos, desde que os nomes sejam aprovados pela Câmara”.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 23 de Junho de 2017
Quinta, 22 de Junho de 2017
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)