Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

14/06/2011 14:30

Aprovado novamente projeto para reduzir uso de sacolas plásticas

Campo Grande News/Vanda Escalante e Ítalo Milhomem

Os deputados estaduais aprovaram hoje (14), em segunda votação, o projeto de lei que proíbe a distribuição indiscriminada de sacolas plásticas pelos estabelecimentos comerciais. O projeto, do deputado Paulo Duarte (PT) foi apresentado pela segunda vez à Assembleia e, desta vez, foi aprovado com apenas quatro votos contrários: Marcio Fernandes (PTdoB), Diogo Tita (PPS), Junior Mochi e Eduardo Rocha (PMDB).

Agora, a proposta vai para a sanção do governador André Puccinelli (PMDB). Em outubro do ano passado, ele vetou o projeto, alegando que se as sacolas não forem distribuídas gratuitamente os consumidores acabarão comprando e os prejuízos ao meio ambiente ocorrerão da mesma forma, com o agravante de onerar o consumidor.

Reapresentado no início deste ano, o projeto foi aprovado em primeira votação no mês de abril. O autor da proposta defende que sua aprovação tornaria Mato grosso do Sul “mais uma referência na questão ambiental”.

Paulo Duarte lembrou ainda o fato de outros 13 estados brasileiros já terem leis de uso consciente das sacolas plásticas. “Não é um modismo! Venho trabalhando nesse projeto desde 2009 e após essa data vários estados já aprovaram projetos semelhantes. Estudei o assunto e a questão foi amplamente debatida com a sociedade”, desabafa.

Quanto ao custo das sacolas plásticas, o deputado reafirma que o Projeto permite ao consumidor saber exatamente quanto paga em cada unidade de sacolinha: “Há uma falsa impressão de que a sacola é fornecida de graça. O valor dela faz parte do preço final dos produtos”, finaliza.

O projeto prevê que a cobrança referente às sacolas plásticas seja feita de forma separada dos produtos adquiridos pelos clientes e compreende supermercados, estabelecimentos congêneres, lojas de hortifrutigranjeiros e de alimentos “in natura” e industrializados em geral, farmácias, entre outros. Os estabelecimentos comerciais poderão oferecer gratuitamente a seus clientes sacolas ou embalagens de material biodegradável (papel) ou reutilizáveis.

(Com informações do portal da Assembleia Legislativa)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)