Cassilândia, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

12/05/2005 15:15

Aprovado limite para contribuição anual à OAB

Agência Câmara

A Comissão de Finanças e Tributação aprovou ontem o Projeto de Lei 3146/04, que estabelece limite máximo para as contribuições devidas à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). De acordo com a proposta, do deputado Antonio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP), o limite para a cobrança da contribuição anual de pessoa física ou firma individual será de R$ 285.
O projeto fixa ainda os limites das contribuições das empresas, que variam de R$ 570 a R$ 1,1 mil, de acordo com o valor do capital social da pessoa jurídica. O valor das taxas cobradas pelos serviços de inscrição de pessoas físicas e jurídicas, expedição de carteira profissional, substituição de carteira ou expedição de 2ª via e certidões também foi limitado.
Segundo Thame, a proposta tem como intenção "proporcionar recursos para a manutenção da Ordem e evitar excessos, com valores mais moderados para as anualidades". O deputado ressalta que o valor adequado das taxas e contribuições evitará a situação atual de inúmeros profissionais inadimplentes, que não podem trabalhar por falta de pagamento e regularização junto à instituição.

Normas gerais
O relator, João Magalhães (PMDB-MG), concluiu que a proposta não acarreta aumento ou diminuição da receita ou despesa da União, ao regulamentar apenas a cobrança de contribuição para entidade de fiscalização do exercício profissional. Para ele, é importante instituir normas gerais para o funcionamento das entidades públicas que exercem a fiscalização do exercício profissional, como é o caso da OAB e dos denominados Conselhos.
Magalhães destacou, em seu relatório, que "é oportuno e conveniente que se estabeleçam limites para a estipulação das anuidades e outras taxas, hoje cobradas sem critérios bem definidos". O parlamentar ressaltou também que o projeto teve o cuidado de facultar a concessão de descontos nos valores-teto, o que atende às preocupações manifestadas por dirigentes das entidades seccionais e respeita as diferenças regionais.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)