Cassilândia, Domingo, 27 de Maio de 2018

Últimas Notícias

03/06/2004 15:59

Aprovadas mudanças nas regras sobre dívidas de empresas

Agência Câmara

A Comissão de Economia, Indústria e Comércio aprovou, na última quarta-feira, o Projeto de Lei 2426/03, do deputado Ricardo Fiúza (PP-PE), que regulamenta a declaração judicial de desconsideração da personalidade jurídica. Esse mecanismo permite que os bens particulares de sócios ou administradores sejam usados para pagar obrigações da empresa quando ficar caracterizada a ocorrência de manobras ilícitas, por parte dos proprietários das empresas, para não pagar os credores.
Pela proposta, o sócio que se considerar prejudicado com abuso da personalidade jurídica poderá indicar na ação judicial, por intermédio de requerimento, quais os atos abusivos praticados e os administradores ou sócios beneficiados. O mesmo procedimento deverá ser adotado pela Ministério Público, nos casos em que decidir intervir na ação.

O contraditório
O projeto de lei determina ainda que, antes de declarar a penhora dos bens, o juiz deverá conceder um prazo de 15 dias para que os sócios e administradores apresentem o contraditório.
Ricardo Fiúza alega que a Justiça brasileira, principalmente a do Trabalho, tem decretado a desconsideração da personalidade jurídica de maneira "açodada" e com desconhecimento das verdadeiras razões que levaram o magistrado a adotar essa medida. A responsabilidade de todos os sócios, até mesmo os que não praticaram abuso da personalidade jurídica, segundo o parlamentar, poderá desestimular a atividade empresarial.
O relator da proposta, deputado Léo Alcântara (PSDB-CE), apresentou voto favorável à aprovação do projeto de lei.
A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será encaminhada para exame na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.



Reportagem - Mauren Rojahn
Edição - Ana Felícia

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 27 de Maio de 2018
Sábado, 26 de Maio de 2018
14:57
Cassilândia
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)