Cassilândia, Sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

Últimas Notícias

15/04/2005 07:51

Aprovadas medidas para troca de produto defeituosos

Agência Câmara

A Comissão de Defesa do Consumidor da Câmara Federal aprovou na última quarta-feira (13) o Projeto de Lei 612/95, do ex-deputado Jorge Anders, que obriga o comerciante a substituir os produtos com defeito até 30 dias depois da entrega. A medida altera o Código de Defesa do Consumidor (Lei 8078/90). Se o defeito for verificado depois desse prazo, o fornecedor fica obrigado a encaminhar os produtos à assistência técnica para que sejam reparados no prazo máximo de 15 dias.

Proteção
Hoje, o Código de Defesa do Consumidor já garante a substituição do produto, a restituição da quantia paga ou abatimento no preço, se no prazo de 30 dias o defeito não for sanado pela assistência técnica.
O relator da proposta, deputado Luiz Bittencourt (PMDB-GO), acredita que o projeto reforçará esse direito. "Ao criarmos um dispositivo legal que obrigue o comerciante a trocar imediatamente qualquer produto que apresentar defeito, estaremos reconhecendo a vulnerabilidade do consumidor e dando-lhe proteção adequada contra produtos de má qualidade", disse. "Estaremos também estimulando os comerciantes a selecionarem com cuidado os produtos que oferecem ao consumo e impondo aos fabricantes o objetivo de produzir bens de alta qualidade."

Tramitação
A proposta, que tramita em caráter conclusivo seguirá agora para a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.



Reportagem - Oscar Telles
Edição - Noéli Nobre

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 16 de Novembro de 2018
Quinta, 15 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
Quarta, 14 de Novembro de 2018
09:00
Santo do dia
Terça, 13 de Novembro de 2018
17:57
Cassilândia/Paranaiba/Chapadão
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)