Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/02/2008 19:13

Aprovada redução de faixa de fronteira de MS ao RS

Agência Senado

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado (CCJ) aprovou nesta quinta-feira (21) proposta de emenda à Constituição (PEC 49/06) que reduz de 150 quilômetros para 50 quilômetros a largura da faixa de fronteira dos estados brasileiros fronteiriços com outros países, de Mato Grosso do Sul até o Rio Grande do Sul.

Na proposta original, o autor da PEC, senador Sérgio Zambiasi (PTB-RS), também defendeu a redução da faixa de fronteira na região amazônica. Mas o relator, senador Epitácio Cafeteira (PTB-MA), apresentou emenda, mantendo os atuais 150 quilômetros de largura nesse caso. Como justificativa à manutenção do limite, ele lembrou que a região Centro-Norte possui baixo povoamento nas fronteiras, relativa ausência do Estado, além da presença de recursos naturais cobiçados no exterior.

Senadores presentes à reunião enalteceram a proposta, a exemplo de Pedro Simon (PMDB-RS). Ele informou que o próprio presidente Luiz Inácio Lula da Silva já se manifestou favorável à redução da faixa de fronteira. E lembrou que a faixa de fronteira na divisa entre o Rio Grande do Sul e o Uruguai atinge um total de mil quilômetros de extensão, o que, observou, inviabiliza novos investimentos. É que esse pedaço de terra, de acordo com a Constituição, está ligado à defesa nacional, para proteção do país contra eventuais ataques de forças estrangeiras.

Ao justificar a PEC, Sérgio Zambiasi disse que a manutenção dos atuais 150 quilômetros de faixa de fronteira "está em descompasso" com a realidade internacional, "indo de encontro à integração regional e à construção de blocos econômicos".

A proposta segue agora para votação em Plenário.


Cláudio Bernardo / Agência Senado

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)