Cassilândia, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Últimas Notícias

05/05/2012 12:18

Aprovada em concurso tem mandado de segurança negado

TJMS

A candidata D.A.G., aprovada e classificada em 6º lugar para as vagas reservadas aos indígenas no Concurso Público de Provas e Títulos para cargos da Secretaria de Estado de Educação de MS, teve o Mandado de Segurança nº 2012.007722-8 submetido a julgamento no Órgão Especial, tendo o colegiado, por unanimidade e com o parecer da Procuradoria Geral de Justiça, denegado a pretensão da impetrante.

A impetrante alegou ser detentora do direito à nomeação dentro da reserva legal de vagas (16 vagas ou percentual de 3%) prevista no edital do concurso. De acordo com D.A.G., 16 vagas deveriam ser destinadas a candidatos indígenas, contemplando inclusive o cargo de agente de atividades educacionais na Aldeia Buriti, em Dois Irmãos do Buriti.

Para esta localidade haviam apenas duas vagas, sendo uma para o cargo de Agente de Limpeza e outra para o cargo de Agente de Merenda, sendo nomeados apenas os aprovados na primeira colocação de cada cargo.

O Des. Paschoal Carmello Leandro, relator do processo, entendeu que não houve ofensa a direito da candidata, pois o edital estabeleceu critério de regionalização para os interessados em participar do concurso público, em observância aos princípios instituídos na Constituição Federal. “Sendo o certame dividido por polos, nos termos do edital que o regulamentou, e havendo respeito à ordem de classificação dos candidatos nas regiões optantes, inexiste direito líquido e certo a ser protegido, ensejando a improcedência da ação constitucional manejada”, votou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 23 de Maio de 2017
Segunda, 22 de Maio de 2017
21:25
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)