Cassilândia, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

05/05/2012 12:18

Aprovada em concurso tem mandado de segurança negado

TJMS

A candidata D.A.G., aprovada e classificada em 6º lugar para as vagas reservadas aos indígenas no Concurso Público de Provas e Títulos para cargos da Secretaria de Estado de Educação de MS, teve o Mandado de Segurança nº 2012.007722-8 submetido a julgamento no Órgão Especial, tendo o colegiado, por unanimidade e com o parecer da Procuradoria Geral de Justiça, denegado a pretensão da impetrante.

A impetrante alegou ser detentora do direito à nomeação dentro da reserva legal de vagas (16 vagas ou percentual de 3%) prevista no edital do concurso. De acordo com D.A.G., 16 vagas deveriam ser destinadas a candidatos indígenas, contemplando inclusive o cargo de agente de atividades educacionais na Aldeia Buriti, em Dois Irmãos do Buriti.

Para esta localidade haviam apenas duas vagas, sendo uma para o cargo de Agente de Limpeza e outra para o cargo de Agente de Merenda, sendo nomeados apenas os aprovados na primeira colocação de cada cargo.

O Des. Paschoal Carmello Leandro, relator do processo, entendeu que não houve ofensa a direito da candidata, pois o edital estabeleceu critério de regionalização para os interessados em participar do concurso público, em observância aos princípios instituídos na Constituição Federal. “Sendo o certame dividido por polos, nos termos do edital que o regulamentou, e havendo respeito à ordem de classificação dos candidatos nas regiões optantes, inexiste direito líquido e certo a ser protegido, ensejando a improcedência da ação constitucional manejada”, votou.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 11 de Dezembro de 2016
06:04
Fotogaleria
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)