Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

17/05/2014 08:25

Aprovada em concurso público consegue na Justiça nova data para posse

Alan Diógenes, Campo Grande News

A juíza titular da Vara Única de Nova Alvorada do Sul, Mariana Rezende Ferreira Yoshida, condenou a prefeitura da cidade a comunicar no prazo de cinco dias uma nova data para a candidata Simone da Silva Yoshihara apresentar os documentos e realizar os exames admissionais necessários ao cargo público que foi aprovada em concurso. Caso a decisão não seja cumprida, a gestão municipal serão multada em R$ 1 mil até R$ 300 mil por dia.

Simone ingressou com um Mandado de Segurança contando que, em abril de 2012, o município abriu concurso público ofereceu 48 vagas para o cargo de trabalhador braçal, no qual foi aprovada em 3º lugar. Afirmou ainda que, conforme previsão do edital, as convocações dos candidatos seriam feitas exclusivamente pelo Diário Oficial do Município, de modo que no dia 20 de dezembro de 2013 foi publicada sua nomeação apenas no órgão de imprensa oficial. Deste modo, ela não ficou sabendo as convocação e deixou de apresentar os documentos e perder o prazo para assumir o cargo.

A magistrada disse que a administração pública deveria dar observância à publicidade e transparência dos convocados, o que não aconteceu. Desta forma, ela acatou o mandato de segurança apresentado pela candidata e condenou a prefeitura a receber os documentos e dar continuidade no processo previsto no edital do concurso.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
09:00
Maternidade
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)