Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

08/07/2005 06:49

Aprovada a Universidade Federal de Dourados e mais cinco

Agência Câmara

A Câmara aprovou ontem a criação de seis novas universidades federais. As instituições de ensino superior surgirão a partir do desmembramento de universidades já existentes ou da transformação de escolas superiores, centros universitários e faculdades.
Os projetos de lei aprovados criam três universidades em Minas Gerais, uma no Mato Grosso do Sul, uma na Bahia e uma no Rio Grande do Norte. Todos eles serão agora analisados pelo Senado Federal.

Minas Gerais
Com os PLs 2681/03, 4300/04 e 3859/04, os mineiros ganham três universidades.
O PL 2681/03 transforma a Faculdade de Medicina do Triângulo Mineiro (FMTM) em Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Na avaliação do Ministério da Educação, a área de atuação dessa nova instituição vai abranger 400 municípios, em Minas, no sul de Goiás, no norte paulista e no leste matogrossense.
Já o PL 4300/04 transforma as Faculdades Federais Integradas de Diamantina em Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM). O Vale do Jequitinhonha cobre uma área aproximada de 14% do Estado de Minas Gerais. São mais de 85 mil quilômetros quadrados e 57 municípios abrangidos.
Por fim, pelo PL 3859/04, a Escola de Farmácia e Odontologia de Alfenas - Centro Universitário Federal (Efoa/Ceufe) passa a ser a Universidade Federal de Alfenas (Uunifal- MG). A instituição, que tem hoje cinco cursos de graduação, quatro pós-graduações lato sensu e três mestrados, atenderá a 200 mil habitantes dos 12 municípios da microrregião de Alfenas.

Bahia
Na Bahia, a Universidade Federal da Bahia (UFBA) será desmembrada para a criação da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), segundo estabelece o PL 4955/05. A proposta determina que a cidade de Cruz das Almas, a 142 quilômetros de Salvador, será a sede da instituição, abrigando todos os cursos da Escola de Agronomia da UFBA. Prevê ainda a implantação de seis outros campi em municípios baianos, ao longo de quatro anos, além da sede em Cruz das Almas: Amargosa, Cachoeira, Nazaré, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus e Valença. Serão criados 30 novos cursos de graduação para atender a 2.400 alunos por ano.

Mato Grosso do Sul
O PL 4659/04 institui a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), por desmembramento da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS). Ela deverá ter 26 cursos de graduação, 1 de especialização, 3 de mestrado e 3 de doutorado, com cerca de 2 mil alunos. Está prevista também a implantação de um hospital universitário. A região da Grande Dourados engloba 37 municípios, que somam 41,24% da população sul-matogrossense.

Rio Grande do Norte
O município de Mossoró, no Rio Grande do Norte, passa a ser sede da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa-RN), a partir da transformação da Escola Superior de Agricultura de Mossoró (Esam). É o que determina o PL 4819/05. A Esam, criada em 1967, é a única instituição federal de ensino superior localizada no Semi-Árido brasileiro e contempla todos os municípios da microrregião salineira. Atualmente, a instituição oferece quatro cursos de graduação, cinco de pós-graduação lato sensu, um de mestrado e um de doutorado.



Reportagem - Marcos Rossi
Edição - Patricia Roedel


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)