Cassilândia, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

21/01/2006 16:31

Apreensões da Receita em Foz do Iguaçu quase dobraram

Roberta Lopes/ABr

Em 2005, de acordo com o balanço divulgado pela Receita Federal na última terça (17), foram apreendidos R$ 150 milhões em mercadorias. Em comparação com 2004, houve um crescimento de 86%, ou seja, o valor total foi quase duas vezes maior. E segundo a Receita, a região de Foz do Iguaçu é a principal área por onde produtos piratas paraguaios entram no Brasil.

No último ano,foram apreendidos cerca de 1.300 veículos, sendo 641 ônibus, 612 carros de passeio, 36 caminhões e 19 carretas. Neles os ocupantes levavam artigos em situação ilegal e mercadorias escondidas nas cargas.

Segundo o delegado da Receita Federal em Foz do Iguaçu, José Carlos de Araújo, os produtos apreendidos eram, em sua maioria, aparelhos eletrônicos, cigarros e produtos de informática. "Nós conseguimos acabar com os comboios, que eram grandes formações de filas de vários ônibus. Essa situação já não existe. Também obtivemos uma redução do contrabando na fronteira", afirma.

A receita realizou, em 2005, duas grandes operações nos estados de Santa Catarina e Paraná. A primeira foi a Operação Cataratas, que recolheu cerca de US$ 60 milhões em mercadorias. Eram produtos de informática, equipamentos eletrônicos, cigarros, CDs e DVDs, virgens e gravados. Essa operação terminou em 14 de novembro de 2005.

A outra é a Operação Fronteira Blindada, ainda em andamento, que substituiu a Operação Cataratas. Começou em novembro de 2005 e em dois meses aprendeu cerca de US$ 10 milhões. Deve terminar em junho deste ano.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 03 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
06:50
Loterias
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)