Cassilândia, Terça-feira, 24 de Janeiro de 2017

Últimas Notícias

22/04/2005 13:45

Apreensivos, produtores esperam decreto com rapidez

Campo Grande News

Produtores rurais de municípios afetados pela estiagem esperam com apreensão o trâmite até que seja homologado pelo governo federal o decreto de emergência, assegurando prorrogação de dívidas que já estão vencendo.
O presidente do Sindicato Rural de Dourados, Gino José Ferreira, ressalta que naquele município, o maior produtor de grãos do Estado, cerca de 90% dos produtores recorreram a algum tipo de financiamento junto ao Banco do Brasil. A prorrogação dos vencimentos de parcelas junto ao BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Sustentável) depende do reconhecimento do estado de emergência pelo Ministério do Desenvolvimento Regional.
Em Dourados as perdas na soja, cerca de 186 mil hectares plantados, se aproximam de 50%. O milho safrinha, 80 mil hectares aproximadamente, teria amargado 100% de quebra, segundo Gino.
“Tem muita gente endividada e dependendo da aplicação da norma de prorrogação. Neste momento tão difícil que o produtor passa espera estamos confiantes no poder público”, diz.
O produtor José Tarso Rosa destaque que o decreto de emergência é de fundamental importância para negociação de dívidas contraídas pelo produtor rural. As perdas em sua lavoura, de 1 mil hectares, chegam a 60%. Sem a produção que previa, os agricultores têm dificuldades para honrar compromissos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 23 de Janeiro de 2017
20:53
Loteria
09:00
Maternidade
Domingo, 22 de Janeiro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 21 de Janeiro de 2017
20:55
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)