Cassilândia, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/02/2005 14:07

Aposentadoria:Contagem recíproca é possível entre regime

AgPrev

Há mais de um regime de Previdência Social no Brasil. Por isso, durante a vida profissional, uma parte significativa dos trabalhadores pode contribuir ou pertencer a mais de um deles. Para evitar problemas no momento de se aposentar, a Lei prevê a contagem do tempo de contribuição realizada na atividade privada, rural, e urbana, e do tempo de contribuição nos regimes próprios de Previdência Social da administração pública.

A contagem recíproca de tempo de Serviço Público Federal e de atividade privada, tratada pela Lei 6.226, de 1975, permite que seja feita compensação financeira entre os regimes de contribuições recolhidas pelo segurado para diferentes institutos de Previdência Social. Portanto, cabe a cada instituto comprovar que o trabalhador realmente contribuiu para outros regimes no passado.

As provas são feitas por meio de certidão fornecida pelo setor competente da União, dos estados, ou dos municípios, quando se tratar de servidor público; e pelo INSS, nos casos de empregados da iniciativa privada. A certidão de tempo de contribuição (CTC) deve conter todas as informações relativas ao trabalhador e o seu tempo previdenciário já decorrido.

O segurado se aposenta pelo último regime para o qual estava contribuindo, desde que sejam respeitadas as exigências do tempo de contribuição.

Regras – A aplicação de contagem recíproca do tempo de contribuição obedece a algumas regras. Não é permitido, por exemplo, a contagem de tempo de contribuição no serviço público com o de contribuição na atividade privada, quando estes forem concomitantes. Também não será contado, por um regime, o tempo de contribuição utilizado para a concessão de aposentadoria por outro regime de previdência.

Quanto aos trabalhadores rurais que atuavam antes de novembro de 1991, o período de atividade no campo somente será considerado tempo de contribuição e computado para fins de contagem recíproca, se houver a indenização do respectivo período.

Compensação Previdenciária – É a prestação de contas realizada, mensalmente, entre o INSS e os órgãos. Antes da Lei 6.226/75, o contribuinte tinha que fazer a contagem em separado. (Rosana Tonetti)

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 12 de Dezembro de 2017
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)