Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

04/03/2015 10:42

Após troca de farpas, Fetems e Assomasul negociam acordo

Campo Grande News

O pagamento de piso salarial dos professores das redes municipais de ensino será negociado, nesta quarta-feira (4), entre a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul) e a Assomasul (Associação dos Municípios do Mato Grosso do Sul). A reunião ocorre, a partir das 10h, na sede da federação.

As instituições trocaram farpas, no fim do mês passado, após recomendação da Assomasul de não cumprimento de reajuste de 13,01%, caso as prefeituras apresentassem comprometimento de receita líquida de 52% com gastos de pessoal. O limite está previsto na LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal) que a partir desse patamar veda concessão de reajustes e novas contratações.

Para o presidente da Fetems, Roberto Magno Botareli, faz-se necessário que as prefeituras realizem reforma administrativa para não “penalizar o professor que tem piso nacional de R$ 1917,78 que deve ser validado”.

Uma das propostas a ser apresentada pela federação é a criação de comissão mista com a Assomasul. Esta teria por objetivo estabelecer plano de cargos e carreiras mínimo para ser aplicado pelos municípios.

Por outro lado, Botareli pontua que muito se avançou na educação ao se implementar o piso nacional para jornada de 20 horas na rede estadual e nas cidades de Campo Grande, Dourados, Três Lagoas e Itaporã.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)